O período que antecede as aplicações das provas de vestibular gera muitas tensões entre os estudantes. São muitos os motivos que os levam a esse grau de estresse elevado. Por isso, é importante para a saúde mental deles que a escola seja um lugar de apoio, ao qual eles possam recorrer em caso de necessidade.

Dessa forma, é interessante que sua instituição esteja preparada para oferecer um acompanhamento, tanto na esfera educacional quanto na psicológica e na mental dos alunos. E é justamente sobre esses recursos que falaremos no texto de hoje. Fique conosco e veja como ajudá-los.

A importância de um material didático focado na prática do conteúdo

Plantões de dúvidas

É natural que, durante o processo de aprendizagem, os alunos da sua escola tenham dúvidas, afinal são muitas coisas para estudar e as confusões podem acontecer. Desse modo, eles precisam ter um suporte para que possam tirar essas dúvidas e dar andamento às disciplinas.

Por esse motivo, é tão importante que a escola ofereça um serviço de plantões de dúvidas. Nesse momento, que acontece fora do horário de aula, um professor fica à disposição de quem precisar de ajuda com exercícios ou para compreender melhor os conceitos de um determinado tema.

Esse auxílio pode ser intensificado quando se aproxima o período dos exames, já que a tendência é a de que os estudantes precisem mais desse reforço durante suas revisões de conteúdos.

Material complementar

Um material didático básico e que não se aprofunda faz com que o conhecimento fique limitado e raso. Por isso, escolha para a sua escola um que seja completo, com teorias básicas e complementares, assim como exercícios práticos que tenham graus de dificuldade diferentes.

É através desses complementos que os pré-vestibulandos poderão sanar suas dúvidas e realizar cada vez mais exercícios até garantir que entendem o que foi estudado de forma individual.

É ainda mais indicado que a escola tenha um material próprio para a fase que antecede os vestibulares que conte com atividades que já foram utilizadas em provas passadas. Dessa forma, os estudantes resolvem questões reais e vão se acostumando com o estilo dos testes.

Aplique simulados

Os simulados são essenciais para a preparação dos estudantes, pois com eles é possível não só praticar o conteúdo estudado, mas também aprender a administrar o tempo gasto em cada pergunta, descobrir as melhores estratégias pessoais para a realização da prova, e perceber se é melhor começar pelas questões mais fáceis ou pelas mais difíceis.

Esse tipo de simulação os ajuda ainda mais a se familiarizarem com os tipos de questões de cada vestibular, e isso é importante, pois sabemos que existem diferenças consideráveis entre as principais provas do país.

Dê dicas de preparação

Além da preparação ligada aos estudos para os vestibulares, é legal que a escola dê dicas de como os alunos podem se planejar nos dias que antecedem os exames. 

Também é importante dar orientações, como que alimentos levar para serem ingeridos durante a prova, o que se deve e o que não se deve comer antes da execução do teste, e a importância de descansar e de tirar algumas horas do dia para fazer algo prazeroso.

Todas essas instruções podem ser dadas pela escola, demonstrando um apoio para que os jovens estejam bem física e psicologicamente para realizar o vestibular.

Proporcione um momento de relaxamento

Para descontrair o clima de nervosismo que toma conta dos estudantes do terceiro ano do ensino médio e do curso pré-vestibular antes da prova, promova atividades de relaxamento e de interação. 

Algumas ideias legais para esse momento são: oferecer aulas de ioga para os estudantes, fazer uma confraternização entre eles e os professores ou fazer uma sessão de filmes na escola para eles se divertirem. São diversas as possibilidades que sua instituição pode adotar, mas o importante é que as atividades diminuam a pressão natural que essa fase da vida causa.

As instituições de ensino podem oferecer muito mais do que materiais de estudo para os jovens que estão se preparando para o vestibular. É importante reconhecer essa necessidade e saber que é um período difícil para eles e, por isso, pode-se ir além e oferecer auxílio mental e psicológico também.

No blog do COC, você encontra outros materiais destinados aos mantenedores e à equipe pedagógica. Acesse e confira!

Como melhorar a comunicação da sua escola com a agenda digital?

Como a tecnologia pode auxiliar os professores no dia a dia?