Diante de todos os problemas enfrentados na sala de aula, a indisciplina é um dos mais comuns e é um dos fatores que mais preocupam os responsáveis pedagógicos. É difícil estipular um único motivo para que ela aconteça, já que uma escola é formada por alunos de diversas personalidades diferentes. Ainda assim, é raro encontrar uma sala que não tenha um aluno indisciplinado, mas há maneiras de ajudá-lo a melhorar esse comportamento. Confira:

Deixe claras as regras escolares

Antes de começar o período escolar, é de extrema relevância deixar claras todas as regras que devem ser seguidas no decorrer do ano letivo, tanto para os pais quanto para os alunos. Tais regras também devem ser reforçadas continuamente, em cada episódio de indisciplina. Além das normas escolares, também é preciso reforçar os princípios morais que precisam ser obedecidos dentro do ambiente escolar. Quando os alunos e os pais possuem consciência das determinações da escola e são lembrados com frequência delas, todos tendem a segui-las com mais dedicação.

Saiba reagir aos problemas

Nem sempre a punição é a melhor forma de resolver os problemas de indisciplina no ambiente escolar.Quando o descumprimento das regras é causado pela simples vontade de burlá-las, a punição é apenas mais uma forma de disputa de poder, podendo gerar até um estímulo no aluno a repetir o feito. Nesses casos, busque manter a calma e não se antecipar com soluções imediatas. Conhecer o que motiva o aluno a ser indisciplinado é importante antes de tomar alguma decisão.

Identifique os motivos

Nem todo aluno age de maneira indisciplinada pela simples vontade de burlar as regras. Existem inúmeros motivos para que essas atitudes apareçam. Seja pela monotonia da aula, a falta de suporte familiar, a própria personalidade do aluno ou diversos outros motivos. Converse com o aluno, marque uma reunião com os responsáveis e entenda a raiz do problema. Só assim será possível realmente traçar estratégias para a melhora do comportamento. É importante sempre manter os pais atualizados sobre a vivência do filho na escola, para que possa ser firmada uma boa relação entre as duas partes.

Pratique a empatia

Cuidado para não confundir o respeito que o aluno deve ter com você com abuso de autoridade. O ambiente escolar precisa manter uma relação empática constante e entre todos os envolvidos. Evite ações que possam demonstrar que você está em um patamar acima dos alunos: esse é um dos principais fatores que podem contribuir para a indisciplina.

Use a tecnologia a seu favor

Não é segredo que a tecnologia se tornou parte essencial da convivência entre os jovens. Em vez de lutar contra ela, use-a como um benefício nas salas de aula. As novas gerações estão cada vez mais em busca de maneiras interativas e criativas de estabelecer suas obrigações. Romper com as tradições não é errado, é uma forma de adaptação. Tais ferramentas também podem ser uma ponte no relacionamento entre os pais e a escola, já que facilitam o acesso e podem manter os responsáveis sempre atualizados.

O ambiente escolar é um contexto de desenvolvimento e crescimento das crianças e adolescentes. A busca por relações saudáveis é a chave para o bom funcionamento da escola. Procure sempre encontrar maneiras de resolver os problemas pedagógicos e comportamentais de acordo com a necessidade de cada aluno, para que exageros ou equívocos sejam evitados. Aproveite e veja também como estabelecer um bom relacionamento com os pais e alunos da sua escola.

Aqui estudar é poder!

O COC se preocupa com o desenvolvimento dos alunos e o crescimento da sua unidade. Aqui estudar é poder realizar! Acompanhe as notícias em nosso blog e veja os recursos que o sistema COC de ensino pode levar para o seu colégio. Saiba mais aqui!