O papel da escola para o crescimento profissional dos seus professores é fundamental. Além de atentarem à evolução dos alunos, a formação dos educadores é um ponto importante quando o assunto é a qualidade da educação oferecida pela sua instituição de ensino. 

Pensando nisso, sua escola deve fornecer as ferramentas que auxiliam o profissional no processo de qualificação, já que o aprendizado adquirido pelo professor em uma formação contínua refletirá também em seu desenvolvimento dentro da sala de aula. Quer saber como a sua instituição pode incentivar os docentes a continuarem se qualificando? Então, acompanhe este texto!

Como ajudar na qualificação dos professores? 

O primeiro passo que a instituição deve dar é fazer um levantamento das dificuldades e de alguns pontos que devem ser melhorados no corpo docente. Com isso definido, é importante incentivar uma qualificação baseada em metodologias que estimulem as ideias dos professores, além do trabalho prático em sala de aula. 

Dessa forma, é interessante que a escola promova ações que abram espaço para o lado da inovação e da produção dos profissionais. Isso pode ser feito por meio de oficinas, seminários, congressos, workshops e cursos de formação continuada, presenciais ou no formato a distância (EAD). Para realizar essas atividades, reúna os profissionais que são especializados nos assuntos a serem abordados, além de organizar ambientes que estimulem a presença dos professores. Lembre-se de documentar essas atividades e pedir feedbacksapós os encontros e os cursos. 

Outra dica para incentivar esse aprendizado contínuo dos seus professores é conversar com cada um individualmente. O objetivo é saber mais sobre os caminhos e alternativas que podem ser seguidos para fortalecer a atuação profissional, além de demonstrar interesse em acrescentar mais conhecimento à formação deles. É importante lembrar que a escola também é um ambiente onde o professor passa por desenvolvimentos e aprendizados. 

Todas essas decisões para continuar a qualificação dos professores são ótimas, principalmente quando os educadores podem ser facilitadores e figuras de exemplo para os alunos, devido às suas atuações ministrando aulas. Por isso, é importante estimular o aprendizado constante, já que isso significa um investimento nos alunos e na qualidade da escola. Veja mais formas de incentivar os professores a continuarem se qualificando:

Reuniões de discussão: outra maneira para dar esse incentivo aos professores é organizar reuniões periódicas entre os educadores, já que muito do aprendizado profissional ocorre ao longo da vivência em sala de aula. Assim, eles podem compartilhar as dificuldades e os desafios que foram superados, as soluções que foram efetivas e técnicas aplicadas em aula. Abre-se assim um caminho para a criação de estratégias para um ensino-aprendizagem de qualidade. 

Cursos a distância (EAD): diversos cursos de educação a distância, conhecidos como EAD, podem ajudar na qualificação dos professores. A escola pode dar sugestões de instituições e plataformas que oferecem esses cursos, mostrando os benefícios de cursá-los. Neles, podem ser vistos diversos temas, como resolução de problemas, técnicas pedagógicas, tendências e atualizações da área de formação, entre outros.

Há também pós-graduações voltadas para a área de educação, sendo uma ótima alternativa para investir na capacitação dos profissionais da equipe docente da sua escola. A instituição pode reunir as opções que são mais interessantes para a qualificação dos professores e, após consultar mais detalhes, financiar uma parte da formação. 

Workshops: cursos com um olhar mais prático são ótimos para os professores se dedicarem a atividades que poderão ser utilizadas em sala de aula. Muitos workshops voltados para a área de educação estão disponíveis e são opções de investimento para desenvolver diversas e novas competências profissionais na equipe de professores da sua escola. 

Palestras e seminários: já nesse caso, os seminários e palestras são tipos de formações mais rápidas e que focam em assuntos pontuais que podem surgir durante as aulas e entre os professores da escola. Podem ser temas relacionados às metodologias, às técnicas ou a assuntos como bullying e sexualidade. Durante essas atividades, a equipe será ensinada a lidar com determinadas situações, e vários profissionais podem auxiliar os professores da sua instituição. 

Quais os benefícios da qualificação de professores?

Explicaremos abaixo os motivos para investir e incentivar a qualificação dos professores da sua escola. Confira! 

Atualização na área: os professores, além de ensinar, estão sempre aprendendo. Esses profissionais devem buscar as novidades da área que lecionam, atualizando as técnicas de ensino e as iniciativas pedagógicas. Esse é um caminho que auxilia a construção da identidade profissional e direciona os professores para uma formação contínua. Dessa forma, os docentes se sentem mais valorizados e úteis no meio profissional, tornando-se mais produtivos. 

Melhoria na qualidade dos conteúdos: incentivar e investir na qualificação dos professores são maneiras de melhorar a qualidade dos conteúdos que são passados aos alunos em sala de aula. Com mais conhecimentos, o corpo docente estará cada vez mais preparado para elaborar e planejar as aulas. Vai também conhecer outras técnicas e novas formas de abordar os conteúdos ou meios de conduzir a aula com mais eficiência. 

Conteúdo mais adequado aos alunos: com professores mais qualificados, será mais fácil que esses profissionais façam a distinção de quais são os conteúdos mais adequados às realidades dos alunos. Assim, eles ficarão mais interessados e próximos do assunto que está sendo proposto em aula, facilitando o aprendizado e a compreensão. Os professores também têm a oportunidade de entender mais sobre a nova geração de estudantes e qual a melhor forma de criar uma boa relação professor-aluno. O educador, afinal, também deve atuar como mediador e incentivar a autonomia dos estudantes. 

Alunos mais comprometidos: essa é a consequência do tópico acima. Quando o professor adequa o conteúdo passado aos seus estudantes, eles ficam mais engajados e interessados em aprender. Os educadores que se sentem motivados a ministrar uma aula, que são mais competentes em falar sobre um assunto e que praticam novas técnicas de ensino-aprendizagem, aproximam os alunos dos temas da disciplina. Isso reflete numa melhor qualidade de educação. 

Um exemplo recorrente em sala de aula: a briga pelo uso de celulares. Atualmente, o ideal não é o professor perder o tempo da sua aula tentando evitar o uso desses aparelhos, mas sim tornar os celulares e outros tipos de tecnologia bons aliados para tornar as aulas mais interativas e interessantes. 

O incentivo para que os professores mantenham o aprendizado e busquem a qualificação não é benéfico apenas para esses profissionais, mas também para os alunos e para a instituição de ensino como um todo. Essas são as principais formas da própria escola buscar o melhor para a sua equipe de professores e incentivá-los a aprender sempre!

Confira, no blog do COC, outros conteúdos que vão aprimorar o ensino da sua escola:

Como escolher o melhor material didático para a sua escola?

Como auxiliar a equipe pedagógica da sua escola a distância