O uso da tecnologia em sala de aula é um assunto muito discutido por educadores. Para que esses dispositivos eletrônicos sejam recursos positivos no processo de aprendizado dos estudantes, é preciso traçar muito bem esse caminho, definindo os objetivos com o uso das ferramentas e os resultados esperados, para que, assim, seja feito um bom uso da tecnologia.

Afinal, os recursos tecnológicos podem auxiliar no desenvolvimento de habilidades e até aumentar o interesse dos alunos pelas disciplinas. Acompanhe este post, pois reunimos dicas de como aplicar tendências de tecnologia na sua escola!

Não substitua o trabalho do professor

A primeira dica é não usar os recursos tecnológicos de maneira que eles substituam o professor ou, ainda, que transformem as tarefas manuais das crianças em outras digitalizadas. Realizar atividades práticas é ótimo para o rendimento e o desenvolvimento de habilidades lógicas e motoras dos alunos. No caso das aulas com o uso da tecnologia, o professor deve orientar os alunos, falar sobre o contexto da atividade e por que estão utilizando aquele recurso tecnológico, sem desvalorizar o uso dos métodos de estudos tradicionais e limitando a utilização das ferramentas eletrônicas. 

Torne as aulas mais dinâmicas

Quando falamos sobre introduzir tecnologias na escola, nem sempre estamos nos referindo a mudanças grandiosas: basta um auxílio digital para aprender o conteúdo, como é o caso dos vídeos ou ilustrações e fotografias. As aulas de matemática e de biologia, por exemplo, serão bem mais interativas e atrativas para os alunos, pois os conceitos serão visualizados fora da lousa e do papel com esquemas e animações. 

Use a internet a favor do aprendizado

Muitas vezes, as tarefas de casa, ou mesmo aquelas realizadas em sala de aula, são feitas à base do “copia e cola” de informações e resoluções prontas da internet. Por isso, estimule o uso consciente desse recurso durante as aulas, ensinando por que é importante fazer as suas próprias atividades e como pesquisar em fontes confiáveis. A internet também pode trazer algumas distrações, como jogos ou redes sociais, então, se possível, bloqueie o acesso aos sites que não fazem parte do aprendizado e fale sobre a importância de separar os momentos de estudo dos momentos de lazer.

Conecte as matérias com a realidade

É muito legal conectar os assuntos que estão sendo abordados nas aulas com acontecimentos reais e materiais visuais. Para isso, a tecnologia ajudará muito, como por meio de notícias, vídeos e até filmes e softwares, como é o caso das bibliotecas e laboratórios virtuais. 

Os Virtual Labs, da Pearson, permitem que os alunos realizem experimentos realistas e sofisticados em ambientes virtuais, com muita precisão e segurança. Atualmente, os estudantes têm acesso a laboratórios de química, física e biologia. Por meio do software, eles podem acessar seu roteiro de estudos, vídeos com o passo a passo para a utilização das bancadas e experimentar elementos químicos raros e equipamentos sofisticados. Com tantos recursos digitais, eles ficarão ainda mais atentos e curiosos!

Crie novas maneiras de avaliar

Não se esqueça de que os professores também devem pensar em novas formas de avaliar os estudantes, de acordo com os objetos das atividades. Por isso, antes mesmo da realização da tarefa, pense na sua finalidade e quais são os resultados esperados.

Pronto para inserir tendências tecnológicas em sala de aula da melhor maneira para você e os seus alunos? Confira outros posts para a sua escola no blog do COC:

A importância da acessibilidade e da inclusão nas escolas

4 opções de aulas "diferentonas" que você pode experimentar com seus alunos

Conheça o Coach COC e organize seus estudos!

O aplicativo Coach COC é o seu novo parceiro para os estudos! Ele vai te ajudar a organizar a sua rotina e planejar seu dia a dia. Acesse a página do app e baixe agora mesmo!