As discussões sobre as mudanças no ensino médio no Brasil são frequentes em diversos fóruns de educação há anos, e o que parecia ser apenas ideias está se tornando cada vez mais real. Com o Novo Ensino Médio cada vez mais próximo de entrar em vigor, as escolas precisam se adaptar às novas exigências propostas pelo Ministério da Educação.

Mas como fazer esses ajustes de fato na instituição para oferecer o Novo Ensino Médio para os jovens? É isso o que vamos te mostrar no texto a seguir. Fique conosco e acompanhe alguns pontos importantes que devem ser levados em consideração. 

Conversar com a comunidade escolar

O Novo Ensino Médio prevê mudanças significativas na carga horária dos alunos, no currículo escolar e no trabalho dos professores, por isso toda a comunidade escolar precisa estar ciente do que deve esperar num futuro próximo.

Essas alterações envolvem a escola como um todo, e não apenas os alunos. Dessa forma, os gestores das instituições necessitam criar um plano de comunicação coerente para informar a todos das novas diretrizes educacionais. Essa prática deve envolver o corpo pedagógico, os estudantes, os responsáveis por eles e todos os outros colaboradores que contribuem para o aprendizado e o bem-estar dos jovens enquanto eles estão dentro do ambiente escolar.

Lembre-se de que no começo tudo será novo para todos, e isso pode causar resistência em algumas pessoas. Mas com um canal de conversa aberto, disposto a tirar dúvidas e a orientar, com certeza logo as escolas estarão alinhadas com o Novo Ensino Médio.

Criar um novo planejamento escolar 

O Novo Ensino Médio vai exigir que a sua instituição adeque o planejamento escolar anual; afinal, o aumento de horas de aula e a criação do itinerário formativo vão alterar a quantidade de conteúdo que os estudantes aprenderão ao longo do ensino médio.

Portanto, é necessário criar uma programação de aulas e disciplinas que contemple as novas exigências do MEC e as necessidades dos estudantes e professores. Nesse primeiro momento, as conversas com a comunidade escolar são bastante úteis para que, juntos, cheguem a uma organização coerente com a nova realidade.

Formação continuada aos professores

Já se fala, dentro do ambiente escolar, que os professores precisam estar sempre ligados nas novas tendências da educação e buscando conhecer cada vez mais a área em que atuam. Com o Novo Ensino Médio, essa necessidade será maior, pois disciplinas como artes, filosofia, sociologia e inglês se tornaram obrigatórias, e o itinerário formativo tem como objetivo aprofundar o conhecimento dos estudantes nas matérias com as quais mais têm afinidade.

Nesse sentido, a escola deve atuar como uma incentivadora para que seu corpo docente compreenda a importância da formação continuada. Além disso, os gestores das instituições podem auxiliar seus professores nessa busca por mais capacitação, oferecendo cursos e fazendo parcerias com plataformas de ensino voltadas a esses profissionais. 

Essa mudança na forma de encarar as alterações vai criar uma rotina de cada vez mais aprendizado para todos dentro das escolas.

Ser uma escola acolhedora

O Novo Ensino Médio tem também o objetivo de mudar a imagem que as escolas passam para os estudantes. Não é raro encontrar um jovem que acha tedioso frequentar as aulas e, como consequência, não absorve todo o conteúdo passado pelos professores.

Dessa forma, é preciso criar um ambiente acolhedor para eles, com mudanças no espaço físico, por exemplo, tornando as salas de aula mais aconchegantes. Essas alterações na estrutura da instituição devem levar em consideração também que os alunos passarão mais tempo do dia dentro dela, portanto é necessário uma área de descanso, onde eles poderão distrair a mente antes de voltar para as aulas.

Conclusão

O Novo Ensino Médio chegou para agregar mais conhecimento ao novo perfil de aluno, que, por sua vez, se transformou de acordo com os avanços da tecnologia. As mudanças estruturais e estratégicas visam a melhoria no ensino e o bem-estar de todos os que compõem a comunidade escolar. 

Gostou desse texto? Então aproveite para ler outros artigos no blog do COC!