Atividades extraclasse são grandes oportunidades para levar aos estudantes novas experiências e estreitar as relações com os pais e responsáveis. Uma dessas atividades comuns, mas que geram bons resultados nessa conexão, são as palestras.

Esses eventos podem ser dos mais variados tipos e ter como público-alvo crianças, adolescentes ou adultos, além de poder agregar todos que fazem parte da comunidade escolar. Pensando nisso, separamos alguns motivos para você organizar palestras na sua instituição. Confira!

1 - Aproximação com os responsáveis

Pensando em uma forma de aproximação com pais e responsáveis, as palestras podem ser bons eventos. Sua escola pode elaborar uma série de palestras sobre temas relevantes para eles, como a saúde mental das crianças e jovens, o uso benéfico da internet, novas abordagens na educação, como ajudar os filhos durante o ano letivo, entre tantos outros assuntos.

Para ministrar uma palestra, tente conseguir que alguém de fora da escola e que tenha amplo conhecimento sobre a pauta esteja presente para interagir com os pais. Isso demonstra um interesse sincero em querer contribuir ainda mais para a vida dos alunos da sua escola.

Porém, é preciso fazer um alerta: tome cuidado com o dia e hora da palestra! Um dos fatores que mais afastam os responsáveis da instituição de ensino em que os filhos estão matriculados é o agendamento de eventos em horários pouco atraentes. 

Lembre-se de que muitos pais trabalham durante todo o dia e à noite estão cansados, por isso evite planejar eventos muito tarde ou que se estendam por um longo tempo. Isso gera desinteresse e dificulta a presença dos pais na vida escolar dos filhos.

2 - Quebrar a rotina do aluno

Muitas vezes a nossa rotina pode ficar entediante, e a repetição nos deixa desmotivados, não é mesmo? Isso também acontece com os jovens que estão na escola. Por isso, às vezes algumas atividades diferentes podem servir como uma distração para que depois eles retornem com mais concentração e dedicação.

Portanto, inclua no cronograma de atividades da sua instituição alguns dias para palestras focadas no interesse dos estudantes. Uma boa forma de gerar ainda mais interesse é pedir a opinião deles sobre temas que eles gostariam de discutir.

Essa quebra na rotina faz com que eles consigam distrair um pouco a mente sem deixar de exercitá-la. É importante, no entanto, deixar muito bem explicado que esse momento das palestras não deve ser usado para fazer bagunça ou faltar às aulas.

3 - Abordar temas extraclasse

Diversos assuntos relevantes para o convívio social, infelizmente, não conseguem ser profundamente abordados dentro de sala de aula, devido ao grande fluxo de matérias que precisam ser ensinadas aos estudantes. 

Por isso, as palestras se tornam uma alternativa para discutir alguns temas importantes para a formação de qualquer ser humano. Como citamos no tópico anterior, é importante que as palestras tratem de assuntos de interesse para os alunos, por isso uma alternativa é pedir aos jovens sugestões de temas que eles gostariam que fossem abordados.

4 - Levar conhecimento aos vestibulandos

Por fim, que tal levar profissionais de determinadas áreas para palestrar sobre suas profissões, desafios e realizações? Foque nos estudantes do ensino médio, principalmente os que estão no terceiro ano e no curso pré-vestibular. Faça uma pesquisa sobre as carreiras mais desejadas por eles e traga palestrantes para falar sobre elas.

Essa ideia, embora não seja novidade, não pode ser elaborada de qualquer jeito pela escola, fazendo com que os estudantes percam a vontade de assistir à palestra. Portanto, leve para a sua instituição bons profissionais, que estejam disponíveis para tirar dúvidas e interagir com os jovens.

Conclusão

As palestras são maneiras de chamar os pais e alunos para discussões importantes sobre a vida acadêmica e os rumos da educação e da sua instituição. E, claro, para levar mais conhecimento aos estudantes.

Dessa forma, exija que sua equipe pedagógica acrescente ao calendário escolar algumas datas para esse tipo de evento.

Quer ler mais conteúdos destinados a você, mantenedor de escola? Então confira no blog do COC a nossa série de textos.

3 dicas para escolher um sistema de ensino para a sua escola

A importância do letramento digital para seus alunos