Ao perguntar sobre a primeira imagem que a palavra "escola" gera na cabeça dos estudantes, provavelmente a resposta mais comum será relacionada a um ambiente monótono. É preciso compreender que a sua instituição não precisa ser classificada dessa forma pelos estudantes nela matriculados. 

Existem ações e ferramentas que contribuem para a construção de um lugar divertido, que gera boas lembranças para as crianças e adolescentes. No texto de hoje, vamos te mostrar algumas dicas para transformar a sua escola. Se ficou curioso, continue conosco!

1 - Invista em ferramentas interativas

A interação com os aparelhos tecnológicos fazem parte do dia a dia dos estudantes de todas as idades, e utilizá-los como ferramentas de estudo pode ser um ótimo caminho para atrair a atenção deles e tornar o ambiente mais interessante. Sua escola pode investir na utilização de tablets, lousas digitais e outros tipos de equipamentos para os alunos estudarem durante as aulas.

Por esse motivo, é fundamental que a instituição tenha, no seu plano pedagógico e no material didático, as orientações para que o corpo docente compreenda como alinhar o conteúdo ao uso dessas ferramentas, visando deixar o processo de aprendizagem mais dinâmico e divertido.

2 - Pense fora da caixinha

Muitas vezes, a rotina pode ser um dos grandes causadores da monotonia e da falta de interesse dos estudantes. Por isso, é preciso pensar fora da caixinha. Mas o que significa isso? Mexer com o dinamismo das aulas, por exemplo. Ao elaborar a exposição de um tema, os professores de disciplinas diversas podem se juntar e preparar uma aula diferente, mostrando os vários pontos de vista sobre um mesmo tema.

Além disso, promover palestras, seminários, sessões de filmes e rodas de debates são ótimas maneiras de fazer o ambiente escolar ser mais divertido. Essa quebra no dia a dia de sala de aula, agrega muito valor ao que está sendo estudado.

3 - Leve exemplos para dentro da sala de aula

Utilizar os diferentes sentidos do corpo humano ao estudar contribui para uma memorização mais fácil por parte dos estudantes. Dessa forma, estimule os professores da sua escola a levar exemplos físicos para dentro da sala de aula.

Os professores de matemática, por exemplo, ao ensinarem as diversas formas dos elementos, podem levar materiais que exemplificam o que são os cubos, os triângulos, os cones etc. Esse tipo de interação é ótimo para aproximar os alunos do tema central da aula. O mesmo pode acontecer com as outras disciplinas, como biologia, história, geografia etc.

Somadas a isso, estão algumas soluções que trouxemos no item anterior, como as palestras e rodas de debates. Levar para dentro da sala de aula as pessoas que vivenciam ou vivenciaram os fatos estudados ou que trabalham diretamente com determinado tema fazem o ambiente ficar mais interessante, uma vez que mexe com o cotidiano dos estudantes.

4 - Aproveite os ambientes ao ar livre

Uma ação simples de ser realizada e que contribui bastante para deixar o ambiente divertido para os estudantes é a de sair da sala de aula e aproveitar os espaços ao ar livre da escola. Além disso, visitas ao museu, teatros e outras cidades também promovem essa quebra saudável na rotina e contribuem para melhorar o processo de aprendizagem de crianças e adolescentes.

Conclusão

Um ambiente atraente, divertido e interativo depende de um planejamento bem organizado para que os professores consigam passar para os estudantes tudo aquilo que é essencial sobre os tópicos da disciplina. 

Gostou deste texto? Então confira outros no blog do COC!