Criado em 2004 pelo governo federal, o Programa Universidade para Todos, o ProUni, oferece bolsas de estudos em cursos de ensino superior e de formação específica em universidades particulares pelo Brasil. O programa também tem outras ações que incentivam a permanência dos estudantes nas faculdades privadas, caso da Bolsa Permanência e o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies), o qual oferece a oportunidade de financiar até 100% da mensalidade. Se você tem interesse em se inscrever no ProUni, é necessário cumprir alguns pré-requisitos. Veja mais detalhes no texto a seguir e tire todas as suas dúvidas!

Quais bolsas de estudos são oferecidas?

Dois tipos de bolsas são oferecidos pelo ProUni, que cobrem 50% ou 100% da mensalidade do curso. Veja quais são:

Bolsa integral (100%): para estudantes que possuem uma renda familiar bruta mensal de até um salário mínimo e meio por pessoa. 

Bolsa parcial (50%): para estudantes que têm uma renda familiar de até três salários mínimos por pessoa. Além disso, a bolsa parcial dá o direito de cadastro no Fundo de Financiamento Estudantil (Fies), para financiar a outra parte da mensalidade da universidade.

Quem pode se inscrever?

Para se candidatar, o aluno precisa ter feito a edição mais recente do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), obtido nota mínima de 450 pontos no exame e não ter zerado a redação. Lembrando que as inscrições no programa são abertas duas vezes por ano, no primeiro e no segundo semestre!

Além de ter renda familiar de até três salários mínimos por pessoa, para conseguir uma bolsa do ProUni é preciso preencher um dos seguintes pré-requisitos:

– ter cursado todo o ensino médio em escola pública;

– ter cursado todo o ensino médio em escola privada, com bolsa integral da própria escola;

– ter feito parcialmente o ensino médio em rede privada e parte em rede pública, como bolsista integral da escola privada;

– ser pessoa com deficiência;

– ser professor da rede pública de ensino básico em exercício e parte do quadro permanente da instituição, concorrendo a vaga em cursos de licenciatura, normal superior ou pedagogia. Nesse critério, não é considerada a renda familiar por pessoa. 

Como é feita a inscrição e a seleção?

No site do ProUni, o candidato faz a sua inscrição gratuitamente, escolhe a qual modalidade de bolsa quer concorrer e até cinco opções de universidades que oferecem cursos, seguindo os critérios para participar do programa. Por meio da análise das opções escolhidas e notas obtidas no Enem, é feita a classificação dos estudantes. O ProUni considera a média aritmética da redação e da prova de conhecimentos gerais do Enem. 

Enquanto as inscrições estiverem abertas, é possível alterar as opções, mas será válida apenas a última inscrição realizada. A seleção é feita de acordo com a prioridade dos candidatos, mas se o curso que é sua primeira opção ficar indisponível, o estudante é selecionado para a segunda opção e assim consecutivamente. A segunda chamada do ProUni oferece as bolsas não preenchidas por conta dos candidatos reprovados na primeira chamada, por exemplo. Já as bolsas que não forem preenchidas no programa do primeiro ou segundo semestre, serão ofertadas no processo seletivo seguinte. 

Como funcionam as bolsas remanescentes?

No processo de bolsas remanescentes, aberto quando as vagas não são totalmente preenchidas depois das duas chamadas do processo regular, podem se candidatar professores da rede pública de ensino que estejam ativos e fazem parte do quadro de cada instituição pública. As inscrições para esse processo também são gratuitas e feitas pela site do ProUni.

É necessário verificar o site todos os dias?

SIM! Acompanhe o site do ProUni sempre que puder, pois uma vez por dia é calculada a nota de corte para cada curso, com base no número de vagas disponíveis e nas notas dos candidatos inscritos nele. Dessa forma, o estudante fica sabendo se a sua nota é suficiente para obter a bolsa na faculdade desejada; caso contrário, ele consegue mudar as suas opções.

Quando os resultados são divulgados?

A pré-seleção de aprovados é realizada ao final do período de inscrição. Além de acompanhar o site para ver as notas de corte, é preciso ficar atento à divulgação da lista com os resultados da primeira e da segunda chamada, e também da lista de espera, pois o ProUni não envia notificações com informações sobre os classificados. 

Quando é realizada a matrícula na universidade?

Depois de ser selecionado pelo ProUni, o estudante tem alguns dias para ir até a secretaria da instituição de ensino superior para a qual foi aprovado, com os documentos necessários para comprovar as informações mencionadas na ficha de inscrição. Após a checagem de informações, o Termo de Concessão é assinado e o estudante é inserido no programa de bolsa. Na página do ProUni você também pode consultar o período de matrícula, disponível após a divulgação dos aprovados.

Como manter a bolsa durante o curso?

Válidas durante todo o período do curso, as bolsas do ProUni são mantidas se o estudante for aprovadoem, no mínimo, 75% das disciplinas cursadas em cada período letivo. Caso o aluno tenha insuficiência, o coordenador do programa pode ouvir o responsável pela disciplina, analisar a situação e autorizar a continuidade da bolsa. Ou seja, para manter a bolsa durante o curso, é necessário haver dedicação aos estudos!

O que é Bolsa-Permanência? 

A Bolsa-Permanência foi criada para ajudar nas despesas dos estudantes. O benefício de até 300 reais por mês é concedido para quem tem bolsa integral ativa e está matriculado em cursos que têm, no mínimo, seis semestres de duração e carga horária média superior ou igual a seis horas diárias de aula. O processo para conseguir essa bolsa é feito pelo sistema do ProUni, automaticamente, no início de cada semestre, dependendo da disponibilidade financeira do MEC.

Ficou mais claro como funciona o ProUni? Se você cumpre os requisitos para ter direito às bolsas de estudos, fique ligado no período de inscrições para ingressar em uma universidade e começar os estudos. Boa sorte!

Veja mais posts sobre vestibular e universidades no nosso blog:

Como as cotas funcionam?

Como estudar para a segunda fase da Fuvest

Conheça o Coach COC e organize seus estudos!

O aplicativo Coach COC é o seu novo parceiro para os estudos! Ele vai te ajudar a organizar a sua rotina e planejar seu dia a dia. Acesse a página do app e baixe agora mesmo!