O ensino médio é um período de muito estudo e dedicação por parte dos estudantes. Durante três anos, eles se capacitam em diversos assuntos para conseguir, ao final do terceiro ano, serem aprovados em uma universidade e cursar o nível superior.

A concorrência, no entanto, é muito grande, por isso a escola precisa oferecer um acompanhamento de qualidade para que eles consigam se preparar para os desafios dos vestibulares. Uma atividade muito benéfica para se fazer durante os estudos são os simulados de exames.

Quer saber como elaborar uma série deles na sua escola? Então confira o texto a seguir e fique por dentro!

1 - Equipe pedagógica atualizada

Antes de mais nada, é preciso que o time pedagógico que vai cuidar dos assuntos relacionados ao aprendizado dos alunos, à metodologia e às estratégias de ensino esteja atualizado e antenado com aquilo que acontece nos vestibulares e no mundo de forma geral. 

Os estilos de prova variam de acordo com a universidade, e isso pode gerar dúvidas nos estudantes, por isso o corpo pedagógico é tão importante para interpretar as informações e passá-las aos seus alunos de forma mais didática.

O conhecimento sobre aquilo que está acontecendo pelo planeta também é fundamental, pois esses eventos podem ser explorados nos exames. Com isso, a escola consegue se adiantar e colocar determinados temas relevantes nos simulados preparatórios. 

2 - Use exemplos reais

Nada melhor do que se preparar utilizando exemplos que já estiveram nas verdadeiras provas de vestibular ao longo dos anos, não é mesmo? Então utilize a estratégia de separar questões que realmente caíram nos exames e incluir nos simulados promovidos pela sua escola.

Isso contribui para que o estudante tenha conhecimento sobre o estilo de cada vestibular, perceba aquilo em que ele precisa focar mais nos seus estudos, se são provas que exigem mais ou menos do preparo físico, entre outras particularidades que todas as matérias têm.

3 - Crie um calendário de simulados

Aplicar simulados sem um planejamento pode não ser tão eficiente, portanto estabeleça os dias corretos para cada uma das provas. Em uma reunião com professores e coordenadores, façam um calendário que obedeça a uma ordem lógica e cronológica em relação à dificuldade e ao tipo de conteúdo que será cobrado em cada simulado.

4 - Tenha um gerador de avaliações

Para facilitar o dia a dia dos responsáveis pedagógicos e professores da sua instituição, um recurso bastante interessante é o gerador de avaliações, que é um banco de dados alimentado com uma série de questões referentes à vestibulares passados, categorizadas por disciplina e tema. Quando quiser montar um simulado, basta selecionar os exercícios e estará pronto.

Dessa forma, não há tanta necessidade de se gastar tempo elaborando, uma a uma, as perguntas do simulado. Esse tempo poupado pode ser usado para se aprofundar mais em algum assunto que os professores julguem necessários ou para abrir espaço para os estudantes tirarem suas dúvidas.

Conclusão

Os simulados são um tipo de treinamento muito importante para os estudantes da sua escola, e através da prática é possível detectar dificuldades e capacitar os alunos, não apenas no que se refere ao conteúdo, mas também à preparação física e mental para cada tipo de prova.

Que tal acessar o blog do COC para conferir outros materiais destinados a mantenedores? Confira!