O gerúndio costuma causar insegurança entre os alunos, sobretudo às vésperas da preparação para o vestibular e o Enem. Escrever bem e evitar erros de gramática é essencial para se dar bem nas provas e alcançar boas notas! Mas afinal, como usar o gerúndio de maneira correta? E o que é o gerundismo? Confira as respostas para essas perguntas neste post. Acompanhe!

Gerúndio

O gerúndio é a forma nominal de um verbo que indica continuidade, ou seja, demonstra que uma ação está se desenvolvendo. Ele também pode ser empregado para expressar uma situação que será simultânea a outra no futuro, ou para indicar a repetição e intensidade de uma ação. De acordo com as normas da língua portuguesa, o gerúndio não sofre flexões e está sempre acompanhado de um verbo auxiliar. Veja alguns exemplos de uso correto do gerúndio:

Estou levando o livro que me pediu para você ler!

Nós estamos estudando para a prova de amanhã. Gostaria de se juntar a nós?

O bolo ainda está assando

Você está andando muito rápido, não consigo acompanhá-la!

Eles estão chegando! Escondam-se para não estragar a surpresa. 

Um de nós vai lendo o texto em voz alta, enquanto o outro vai fazendo anotações. Que tal?

Além disso, o gerúndio também pode desempenhar a função de um advérbio em uma oração ao indicar o modo como uma ação se desenvolve. Confira:

Ele ligouchorando para a família ao receber a notícia da sua aprovação no vestibular.

Ela abraçousorrindo o amigo que não via havia anos.

Apesar de incomum, essa forma nominal também pode desempenhar a função de um adjetivo ao destacar a característica de um substantivo. Entenda:

As cidades brasileiras estavam repletas de mulheres protestando pelos seus direitos.

Nas proximidades havia cãeslatindo durante toda a noite.

Gerundismo

O gerundismo é um vício de linguagem que consiste no uso inadequado e excessivo do gerúndio, principalmente quando não se tratam de ações contínuas. Em muitos casos, ele é marcado pelo uso de três formas verbais em uma mesma oração. Veja os exemplos abaixo:

Vou estar enviando uma mensagem para ela.

Correto → Enviarei uma mensagem para ela ou vou enviar uma mensagem para ela.

Vamos estar nos encontrando amanhã à tarde. 

Correto → Nos encontraremos amanhã à tarde ou vamos nos encontrar amanhã à tarde.

Ele vai estar te ligando assim que chegar em casa. 

Correto → Ele te ligará assim que chegar em casa ou ele irá te ligar assim que chegar em casa.

Note que há casos em que essa construção é correta, como quando indica que uma ação contínua estará acontecendo simultaneamente a um outro evento:

Quando vocês estiverem na escola amanhã, eu estarei viajando até São Paulo para prestar vestibular.

E aí, compreendeu o uso correto do gerúndio? Essa forma é bastante comum na língua portuguesa, mas é necessário cuidado para não empregá-la de maneira errada! Se você deseja aprimorar os seus conhecimentos de português e tirar outras dúvidas importantes de gramática, aproveite a visita ao nosso blog e leia também:

O hífen: como e quando usar?

Concordância nominal: como funciona?

Conheça o Coach COC e organize seus estudos!

O aplicativo Coach COC é o seu novo parceiro para os estudos! Ele vai te ajudar a organizar a sua rotina e planejar seu dia a dia. Acesse a página do app e baixe agora mesmo!