Você sabia que no dia 23 de março é comemorado o Dia do Meteorologista? É por causa desse profissional que conseguimos saber com antecedência como ficará o clima e o tempo em vários lugares. Eles são capazes de estudar os fenômenos meteorológicos e divulgar informações sobre possíveis riscos para a população. Neste texto, vamos te explicar esses fenômenos e como eles se formam. Acompanhe.

O que são fenômenos meteorológicos?

Fenômenos meteorológicos são os eventos que ocorrem na atmosfera associados ao clima e ao tempo. Eles podem ter origens naturais ou acontecer em decorrência da ação do homem. Na maioria das vezes, são monitorados por equipamentos e analisados pelos meteorologistas. 

Entre os diversos fenômenos meteorológicos que podem ocorrer, estão: a chuva, os raios, os ciclones, El Niño, La Niña etc. Confira agora mais sobre cada um desses acontecimentos.

Chuvas

A formação da chuva acontece por meio da evaporação da água, fato que gera a formação das nuvens, que, por sua vez, se condensam e se precipitam. Existem três tipos de chuvas: as orográficas, comuns em regiões de montanhas e serras, uma vez que a massa de ar úmido é bloqueada pelo relevo; as chuvas convectivas, conhecidas como "chuvas de verão", que acontecem em regiões de calor e são conhecidas por terem duração curta e serem muito fortes; e, por último, as chuvas frontais, que são formadas quando uma massa de ar quente encontra uma massa de ar frio.

Raios

Os raios são formados em duas ocasiões: quando há o encontro de duas nuvens e quando há uma troca de cargas elétricas entre as nuvens e o solo. Nas duas situações, as descargas elétricas ocorrem quando as cargas positivas e negativas dos meios envolvidos não estão em equilíbrio.

Ciclones

Quando há o aumento das massas de ar quente na atmosfera e as massas de ar frio descem, acontece o fenômeno chamado ciclone. A consequência dessa atividade são grandes tempestades e ventos muito fortes, que podem ultrapassar os 200 km/h. Os ciclones têm forma circular e vão do solo até a altura das nuvens. Entre os diversos tipos existentes, os mais famosos são os furacões (ou tufões), que se formam no oceano, e os tornados, que são os mais fortes e chegam a 400 km/h.

El Niño

O El Niño acontece nos lugares banhados pelo Oceano Pacífico e é caracterizado pelo aumento da temperatura das águas do oceano, resultando numa evaporação maior e, consequentemente, no aumento do volume de chuva. Esse evento da natureza acontece de forma esporádica, com intervalos de 2 a 7 anos.

La Niña

Assim como o El Niño, esse fenômeno da meteorologia acontece no Oceano Pacífico e também com intervalos de 2 a 7 anos. Mas ao contrário do evento anterior e originado pelos ventos alísios, o La Niña trata da diminuição da temperatura da água do oceano, que resulta no aumento do acúmulo de chuva.

Os meteorologistas são os responsáveis pelo monitoramento desses fenômenos, por isso desempenham um papel importante para entender as tendências de mudança do clima e do tempo e o que pode ser feito para evitar os eventos desencadeados pela ação humana. 

Confira outros conteúdos que estão em nosso blog.

Quem foi Alexander Graham Bell?

Dicas para planejar uma boa aula de redação

Conheça o Coach COC e organize seus estudos!

O aplicativo Coach COC é o seu novo parceiro para os estudos! Ele vai te ajudar a organizar a sua rotina e planejar seu dia a dia. Acesse a página do app e baixe agora mesmo!