Constantemente, as noções de cuidado com o meio ambiente e o desenvolvimento sustentável têm feito parte das discussões sociais.Para isso, é preciso entender a dimensão e a importância que a natureza possui para o planeta e, consequentemente, para a vida humana.

Uma das temáticas a respeito do meio ambiente são os biomas. Em suma, um bioma pode ser definido como um conjunto de ecossistemas que são influenciados pelas características latitudinais e climáticas de um lugar. Conheça um pouco mais sobre esse assunto:

Entendendo a fundo: o que são biomas?

Você provavelmente já reparou que em outros estados e até mesmo em cidades próximas, a vegetação e o clima podem mudar bastante. Pois bem, um bioma é o conjunto de elementos da flora e da fauna que são determinados pelos aspectos climáticos da região. Assim, os biomas localizam-se em espaços específicos e cada um possui uma biodiversidade única.

Os tipos de bioma podem variar entre aquáticos e terrestres. Os biomas aquáticos podem ser divididos entre oceanos e rios. Já os biomas terrestres possuem diversas ramificações, sendo que só no Brasil existem 6 tipos diferentes. Além disso, os biomas terrestres podem ser divididos em três grupos principais: desérticos, temperados e tropicais. Como o Brasil é um país tropical, todos os seus biomas fazem parte desse grupo.

Biomas brasileiros

Devido ao seu grande tamanho territorial, o Brasil abriga diferentes biomas, sendo inclusive considerado um “país rico” devido à sua biodiversidade. Conforme o mapa, os biomas brasileiros são:

Amazônia

Um dos maiores e mais ricos biomas brasileiros é o da Amazônia. Estima-se que aproximadamente 10% de todas as espécies vegetais e animais do mundo estejam concentradas nesse bioma. O clima predominante da Amazônia é equatorial úmido, ou seja, é bem quente e possui chuvas frequentes devido ao grande volume do rio Amazonas, um dos maiores do mundo. A maior floresta tropical do planeta localiza-se nesse bioma brasileiro: a Floresta Amazônica.

Estados com esse bioma: Acre, Amapá, Amazonas, Pará, Roraima, Rondônia, Mato Grosso, Maranhão e Tocantins.

Cerrado

Após a Amazônia, o Cerrado é o segundo maior bioma brasileiro. O mais marcante desse bioma são os períodos climáticos bem definidos entre calor e chuva, caracterizando o clima tropical sazonal. A baixa umidade durante o inverno propicia altos índices de incêndios naturais. É um bioma extremamente rico em biodiversidade, porém os investimentos em proteção ambiental ainda são baixos, influenciados pela produção agrícola e a exploração de recursos naturais. Abriga as nascentes das 3 maiores bacias hidrográficas da América do Sul: Amazônica/Tocantins, São Francisco e Prata.

Estados com esse bioma: Distrito Federal, Goiás, Tocantins, Maranhão, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais e áreas menores em outros estados brasileiros, como é o caso de São Paulo.

Mata Atlântica

A Mata Atlântica já não possui nem metade de sua extensão natural devido à ação do homem. Esse bioma está localizado na maior parte do litoral brasileiro, passando por mais da metade dos estados do país. É composto majoritariamente por árvores médias e altas, formando uma vegetação densa que influencia na acidez do solo devido à falta de contato com os raios solares. É considerado climaticamente como tropical úmido, o que revelam as altas temperaturas e umidade, fatores relacionados à proximidade com o Oceano Atlântico.

Estados com esse bioma: a Mata Atlântica percorre 14 estados, sendo que os que são totalmente cobertos por esse bioma são Espírito Santo, Rio de Janeiro, Santa Catarina e Paraná.

Caatinga

Definida pelas paisagens desérticas e baixa fertilidade do solo, a caatinga é um bioma exclusivo do território brasileiro. Devido à falta de chuvas e consequentes longos períodos de seca, esse bioma é exposto a altas temperaturas, indicando o clima tropical semiárido. A vegetação da Caatinga é bem característica, composta principalmente por cactos e arbustos.

Estados com esse bioma: Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Bahia, Sergipe, Alagoas,  Maranhão e uma pequena área de Minas Gerais. É considerado o principal bioma da região nordeste do país.

Pampa

O bioma Pampa é o único que faz parte apenas de um estado brasileiro. Esse bioma é caracterizado por paisagens de campos, com climas amenos durante a maior parte do ano, mas com invernos rigorosos. A biodiversidade dos Pampas é rica em aves e alguns mamíferos, como.

Estados com esse bioma: somente o Rio Grande do Sul possui esse bioma, totalizando aproximadamente 63% de seu território.

Pantanal

A longa duração dos alagamentos, devido à pouca permeabilidade do solo, é a principal característica desse bioma. É considerado uma das maiores planícies alagadas do mundo. O clima continental tropical apresenta grande umidade, devido às alagações e altas temperaturas durante todo o ano. Graças aos períodos de alagamento, toda a fauna e flora desse bioma são adaptáveis a essas características.

Estados com esse bioma: Mato Grosso do Sul e Mato Grosso.

Todos os biomas possuem extrema importância para a preservação do meio ambiente brasileiro. Além disso, quando comparamos a situação atual  às plantas e animais originais de cada ecossistema, é possível identificar que muito se perdeu durante o desenvolvimento e a ocupação humana. Ainda assim, esses espaços geográficos são essenciais para o estudo e entendimento dos diferentes tipos de fauna, flora e ações climáticas.

Gostou de aprender sobre os biomas? Veja outros posts que podem te interessar:

O que é globalização?

Latitude e longitude: como elas funcionam?

Efeito estufa: quais são suas causas e consequências?

Conheça o Coach COC e organize seus estudos!

O aplicativo Coach COC é o seu novo parceiro para os estudos! Ele vai te ajudar a organizar a sua rotina e planejar seu dia a dia. Acesse a página do app e baixe agora mesmo!