Estima-se que a formação do planeta Terra teve início há cerca de 4,5 bilhões de anos. Durante esse período, ocorreram diversos fenômenos que marcaram o desenvolvimento da Terra. Os estudiosos, para também facilitar a organização das pesquisas, separaram em fases os acontecimentos que marcaram o planeta, denominadas eras geológicas.

Cada uma das eras geológicas é definida a partir de fatores geológicos, biológicos e também relativos à cronologia dos acontecimentos. A divisão das eras, por exemplo, também é influenciada pela modificação dos continentes, oceanos e seres vivos. A partir disso, então, foram definidas cinco eras diferentes.  Vamos conhecê-las?

Arqueozoica (4 bilhões de anos - 2,5 bilhões de anos atrás)

O primeiro período geológico da Terra abrange a a formação de algumas das estruturas básicas do planeta, como é o caso da crosta terrestre, os escudos cristalinos e as rochas magmáticas. As primeiras formações de relevo surgiram nessa era. A era arqueozoica é estudada, principalmente, por meio das rochas antigas, existentes até hoje na superfície terrestre.

Proterozoica (2,5 bilhões de anos - 541 milhões de anos atrás)

A grande atividade vulcânica nesse período foi responsável pelo surgimento de minerais importantes, como o ouro, o ferro e o manganês. Porém, o grande marco da era proterozoica é a origem das primeiras formas de vida unicelular, influenciada, por sua vez, pelo acúmulo de oxigênio no planeta.

Paleozoica (541 milhões de anos - 241 milhões de anos atrás)

Na era paleozoica, o planeta foi palco do surgimento de rochas metamórficas e sedimentares, formações influenciadas pelas grandes transformações físicas pelas quais o planeta passou nesse período. Os primeiros insetos e répteis também surgiram, junto às grandes florestas.

Mesozoica (241 milhões de anos - 65 milhões de anos atrás)

A era mesozoica é comumente conhecida como a “era dos dinossauros”. Durante esse período, o planeta sofreu novas grandes transformações, pois a Pangea, até então o único continente existente no mundo, começou a se dividir.

Essa fase foi uma das principais responsáveis pela formação do planeta como conhecemos hoje. Devido às grandes transformações ocorridas, a temperatura da Terra se estabilizou, o que permitiu o crescimento da fauna e da flora. Apesar de terem surgido nessa era, os dinossauros também logo se extinguiram. Há diversas teorias a respeito, mas é fato que esses seres não foram capazes de se adaptar aos novos desafios presentes no ambiente terrestre e foram extintos.

Cenozoica (65 milhões de anos - presente)

Apesar de ter sido iniciada há milhões de anos, o ser humano também pertence à era cenozoica. Dividida em duas principais etapas, essa era é caracterizada pelo surgimento das grandes cadeias montanhosas:

  • Período terciário:

    a intensa movimentação das placas tectônicas fez com que os continentes se separassem ainda mais, ocasionando também os desdobramentos modernos, como os Andes e o Himalaia. Os primeiros indícios de mamíferos, aves e primatas surgem durante esse período.  
  • Período quaternário:

    é o período que perdura até hoje. Possui como principal marco o surgimento do ser humano. O período também se caracteriza pela formação atual dos continentes, oceanos e grandes glaciações. Ele começou há cerca de 1 milhão de anos.

Apesar do grande volume de informações, a história da Terra possui lacunas a serem exploradas. O processo de formação do planeta é longo e, por vezes, ainda é um grande mistério, apesar de já termos algumas respostas importantes.  Não deixe de estudar e se informar sobre esses conteúdos!

Gostou desse post? Veja outros que podem te interessar:

O que é um bloco econômico?

Efeito estufa: quais são as suas causas e consequências?

O que é globalização?

Conheça o Coach COC e organize seus estudos!

O aplicativo Coach COC é o seu novo parceiro para os estudos! Ele vai te ajudar a organizar a sua rotina e planejar seu dia a dia. Acesse a página do app e baixe agora mesmo!