No dia a dia, é muito comum ouvir os nomes Grã-Bretanha, Inglaterra e Reino Unido sendo usados como sinônimos, mas eles não são! As questões políticas e territoriais que definem cada um desses conceitos são complexas, mas é muito importante que você consiga entendê-las. Por isso, nós separamos uma explicação completa. Let’s go

Grã-Bretanha 

Imagem: bandeira antiga da Grã-Bretanha, usada até 1801. 

Ao falar de Grã-Bretanha, estamos nos referindo ao território físico da maior das Ilhas Britânicas, conjunto formado por aproximadamente 6.000 ilhas, localizado ao norte da França. A região compreende três países: Escócia (Scotland), Inglaterra (England) e País de Gales (Wales). Próximo à Grã-Bretanha, encontra-se a ilha da Irlanda, segunda maior da região. 

Inglaterra 


Imagem: atual bandeira da Inglaterra. 

A Inglaterra é um Estado soberano que faz parte do Reino Unido. Localiza-se majoritariamente na ilha da Grã-Bretanha e seu território é formado por uma área de pouco mais de 130 mil quilômetros quadrados. Ao norte, faz fronteira com a Escócia, e a sudoeste, com o País de Gales. O idioma oficial é o inglês, e a capital administrativa é Londres. 

Reino Unido

Imagem: bandeira atual do Reino Unido. >/sub>

As definições de Grã-Bretanha, Inglaterra e Reino Unido parecem confusas porque estão inseridas em uma configuração política e social já não muito comum no nosso tempo: a monarquia. Logo, para ajudar a entender exatamente o que é o Reino Unido, vamos voltar um pouco no tempo e explicar o processo de formação do território:

História 

Até o século XI, o local onde hoje está a Inglaterra era dividido em uma série de reinos. A unificação só foi feita por Guilherme, o Conquistador, no ano de 1066. O modelo de governo estabelecido foi a monarquia, que perdeu o poder absoluto no século XIII, com a assinatura da Magna Carta - documento que proibiu o rei de tomar decisões sozinho - e a criação do Parlamento. 

Em 1707, a Inglaterra e a Escócia assinaram o acordo de união entre os dois territórios, colocando um Parlamento único para ambas as nações. Já em 1801, a Irlanda também se junta aos dois e cria um reino comum com o nome montado pela junção das duas ilhas: o Reino Unido da Grã-Bretanha e da Irlanda

No início do século XX, parte da Irlanda entra no processo de independência, com o objetivo de estabelecer um governo livre com sede em Dublin. Somente em 1945 a república é oficialmente reconhecida e a Irlanda deixa de fazer parte do Reino Unido. Somente a parte norte do território continua pertencente ao reino unificado, que muda o nome para Reino Unido da Grã-Bretanha e da Irlanda do Norte

O Reino Unido atualmente 

O Reino Unido se refere à união de quatro reinos: Inglaterra (England), País de Gales (Wales), Escócia (Scotland) e Irlanda do Norte (North Ireland). O modelo político é a monarquia parlamentarista, em que o Chefe de Estado é o monarca, atualmente representado pela Rainha Elizabeth II. A liderança política é exercida pelo Primeiro-Ministro - atualmente na figura de Theresa May, a líder do Governo de Sua Majestade (ou Her Majesty’s Government, em inglês). Ela também é responsável por nomear os outros ministros do governo. 

O poder legislativo é formado pela House of Commons (Casa dos Comuns) e pela House of the Lords (Casa dos Lordes), que constituem o Parlamento de representantes eleitos por voto popular e com sede em Londres. 

As decisões principais - relacionadas ao modelo econômico e à política externa, por exemplo - são válidas para todas as quatro nações que compõem o Reino Unido. Cada país possui seus órgãos responsáveis pela administração local - National Assembly for Wales no País de Gales, Northern Ireland Assembly na Irlanda do Norte, e Scottish Parliament na Escócia. Esses locais tratam de questões regionais relacionadas a cultura, educação, saúde, meio ambiente e transporte. 

Veja o território dos países que compõem o Reino Unido:

A Coroa Britânica 

A Coroa Britânica, ou The Crown em inglês, como o próprio site do Parlamento explica, “é outro jeito de se referir à monarquia - parte mais antiga do sistema de governo desse país.” Ao longo dos séculos, os britânicos conquistaram uma série de colônias que ficaram ou ainda estão subordinadas à Coroa. Veja:

Comunidade das Nações

A Comunidade das Nações, The Commonwealth em inglês, engloba 53 países que já foram territórios britânicos e hoje são nações independentes. Os membros da organização reconhecem a Coroa Britânica como um símbolo do Estado, mas possuem total autonomia em sua soberania nacional. Dentre eles, temos Canadá, Camarões, África do Sul, Índia, Austrália e Nova Zelândia, por exemplo. 

Dependências da Coroa Britânica

De acordo com o portal on-line da Coroa Britânica, British Dependencies, são 3 as ilhas que pertencem ao Reino Unido, mas não fazem parte dele. São as Ilhas do Canal (dois bailiados, de Jersey e de Guernsey) e a Ilha de Man. Cada um desses territórios tem autonomia de decidir questões regionais relacionadas à saúde ou ao transporte, por exemplo. Porém, a defesa militar e a política externa ficam a cargo do governo britânico. 

Territórios Britânicos Ultramarinos 

Há 14 territórios não independentes que ainda fazem parte do governo da Coroa Britânica. Entre eles, temos Anguilla, Ilhas Cayman e Ilhas Falkland. Esses locais estão sob jurisdição e soberania do Reino Unido, e os seus cidadãos são considerados britânicos ultramarinos. 

Inglês, bretão ou britânico? 

Para te ajudar a não se esquecer das delimitações de cada um dos conceitos, nós utilizaremos um exemplo. Veja os gentílicos cabíveis a um cidadão que nasce atualmente em cada um dos territórios:

É inglês?

É bretão?

É britânico?

Outra denominação

Nasceu na Irlanda

não

não

não

irlandês

Nasceu na Irlanda do Norte

não

não

sim

irlandês

Nasceu na Escócia

não

sim

sim

escocês

Nasceu na Inglaterra

sim

sim

sim

-

Nasceu no País de Gales

não

sim

sim

galês

Por ser a maior nação em questões territoriais e econômicas, a Inglaterra acaba recebendo mais notoriedade dentro do Reino Unido, também geralmente confundido com a Grã-Bretanha. Porém, o reino unificado engloba países muito diversos, como a Escócia e a Irlanda, por exemplo, onde as questões nacionalistas trazem discussões pertinentes sobre a real abrangência cultural e política do Reino Unido. 

Conheça o Coach COC e organize seus estudos!

O aplicativo Coach COC é o seu novo parceiro para os estudos! Ele vai te ajudar a organizar a sua rotina e planejar seu dia a dia. Acesse a página do app e baixe agora mesmo!