Um bom desempenho na redação é essencial para conquistar uma boa nota no Enem, não é mesmo? Você já sabe que muito treino e dedicação são importantes, mas estar atento às atualidades e conhecer as características do exame pode ser um diferencial na hora da prova! Para ajudar você a mandar bem, nós elaboramos uma lista com os sete temas abordados na redação do Enem ao longo dos últimos anos e contamos quais foram as suas características mais marcantes. Confira!

2018: Manipulação do comportamento do usuário pelo controle de dados na internet

Na última edição do exame, em 2018, o Enem levantou uma discussão muito importante, inserida em um contexto já bastante comum no universo dos jovens: a internet. Porém, o desenvolvimento da proposta exigia atenção para não fugir ao tema, devido ao seu recorte muito específico. Se saiu bem nessa redação quem soube dissertar sobre como algoritmos usam os dados de navegação para mostrar conteúdo direcionado aos usuários.

Devido à formulação complexa da proposta, porém, muitas pessoas se confundiram e direcionaram o texto para a questão das fake news - que poderiam ser mencionadas, mas não transformadas no foco principal da argumentação. Nessa edição, não houve restrições para que o tema fosse discutido apenas no âmbito nacional, como já ocorreu na maioria das edições anteriores da prova.

2017: Desafios para a formação educacional de surdos no Brasil

A proposta da edição de 2017 surpreendeu candidatos e professores, já que a temática da inclusão de pessoas com deficiência era esperada, mas não dentro de uma abordagem tão específica. A prova trouxe ainda quatro textos motivadores, incluindo um trecho da Constituição Federal e um gráfico com o número de matrículas de alunos surdos na educação básica brasileira.

Um ponto marcante dessa edição foi a repercussão sobre a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), que alterou uma das diretrizes até então mais conhecidas da prova. Na ocasião, o Ministério da Educação (MEC) e o Inep, órgão responsável pelo Enem, acataram a decisão do STF, e assim, mesmo os candidatos que foram contrários aos direitos humanos em sua redação, não tiveram a nota zerada.

2016: Caminhos para combater a intolerância religiosa no Brasil

Considerado polêmico, o tema da redação do Enem 2016 foi também bastante atual, uma vez que foram muitos os casos de intolerância religiosa noticiados no Brasil e no mundo ao longo do ano de 2015. Apesar da relevância e da atualidade da proposta, o tema exigia preparo e cuidado do candidato.

Além do domínio sobre cultura geral e da percepção de como algumas religiões vêm sendo vistas ao longo da história, era necessário perceber como essa discussão não envolve somente a criação de políticas públicas, mas também a promoção do diálogo constante com a sociedade brasileira para uma consequente desconstrução de preconceitos.

2015: A persistência da violência contra a mulher na sociedade brasileira

A edição de 2015 do Enem trouxe um assunto que é amplamente debatido no país e que, embora seja amparado por leis, geralmente não recebe o tratamento e a atenção ideal de muitos brasileiros. Na redação, os candidatos deveriam discutir as causas da persistência da violência contra a mulher, dialogando com construções históricas, fatos importantes da luta das mulheres e dados relacionados ao tema.

Essa foi a primeira edição em que a prova se posicionou abertamente sobre o tema da redação. Nas edições anteriores, os candidatos poderiam sugerir propostas de intervenção social com base em seus ideais pessoais, sendo contra ou a favor de um tema específico. No entanto, na redação do Enem de 2015, o candidato que optasse por defender a violência iria contra os direitos humanos e, consequentemente, seria penalizado pelo edital do exame com a anulação da redação – conforme descrito no item 14.9.4 do edital nº 6, de 15 de maio de 2015.

2014:Publicidade infantil em questão no Brasil

A proposta de redação de 2014 está entre os temas que não foram considerados óbvios. Ao colocar em pauta os benefícios e malefícios da publicidade para o público infantil, a prova permitia a articulação de argumentos com perspectivas distintas. De um lado, o candidato poderia questionar a necessidade de proteção das crianças, argumentando, por exemplo, que são indivíduos ainda sem a estrutura ideal para processar os estímulos publicitários. Por outro lado, a liberdade de discurso da publicidade e o seu forte papel econômico poderiam ser pontos abordados.

2013: Efeitos da implantação da Lei Seca no Brasil

A Lei Seca foi sancionada em 2008 no Brasil, mas tornou-se ainda mais rígida e ganhou tolerância zero no ano de 2012. Devido à proximidade dessa mudança, o Enem propôs em 2013 uma discussão sobre os efeitos que a implantação dessa lei trouxe para o país.

Para ir bem na redação, o candidato deveria se posicionar sobre o tema e propor uma ação social para essa dinâmica. Nesse caso, poderiam ser traçados dois caminhos argumentativos principais: o candidato poderia destacar a importância da lei para a segurança de todos os condutores e passageiros no trânsito, ou então defender que a responsabilização dos motoristas de maneira igualitária seria um desrespeito aos limites individuais, uma vez que alguém que tomou um copo de bebida alcoólica poderia ser punido com a mesma intensidade que um condutor que está muito mais embriagado.

2012: Movimento imigratório para o Brasil no século XXI

A edição de 2012 trouxe outra discussão muito interessante e, ainda, muito atual. Na época, o Brasil já recebia uma série de imigrantes sul-americanos, como bolivianos, paraguaios e uruguaios, além de haitianos, muitas vezes acolhidos nos estados do norte do país. A proposta surpreendeu os candidatos ao trabalhar conhecimentos relacionados a um fenômeno migratório extremamente recente, o que tornou fundamental a atenção às notícias e discussões veiculadas pela mídia naquele ano.

O objetivo era formular um texto pautado em intervenções sociais. Para o candidato que gosta de explorar outros olhares sobre o tema, também era possível abordar a recente migração de profissionais altamente capacitados da Europa e dos Estados Unidos para o Brasil, um movimento populacional influenciado pela crise nessas regiões e marcado pela vinda de grandes empresas para o país.

E 2019?

Já deu pra sentir que a redação do Enem tem como característica marcante a preocupação com questões da atualidade e com a promoção de um espaço para reflexão, né? Por isso, não deixe de se informar, conhecer mais sobre os temas que estão em pauta ao longo do ano e construir as suas próprias opiniões e argumentos! Essas dicas vão te ajudar a produzir uma boa redação no dia da prova. Se você está se preparando para o Enem, aproveite para ler estes outros conteúdos que vão te ajudar com a sua redação:

Como começar uma redação dissertativa?

Como fazer uma redação dissertativa?

Conheça o Coach COC e organize seus estudos!

O aplicativo Coach COC é o seu novo parceiro para os estudos! Ele vai te ajudar a organizar sua rotina e planejar seu dia a dia. Acesse a página do app e baixe agora mesmo!