Você sabe o que faz um profissional de zootecnia? Pelo nome já podemos concluir que envolve o contato com animais, certo? É isso mesmo, o zootecnista trabalha diretamente com o bem-estar animal, estudando desde a genética até as melhores formas de diminuir o sofrimento de cada espécie.

No texto de hoje, vamos conhecer um pouco mais sobre essa área de atuação tão importante para o agronegócio. Fique conosco e confira onde esse profissional pode trabalhar, como é a graduação e as expectativas do mercado de trabalho.

O que faz um zootecnista?

A pessoa que executa a profissão de zootecnista está apta a trabalhar no gerenciamento da vida animal dentro de um contexto de comercialização.

É esse profissional que irá realizar as avaliações dos animais de rebanho, cuidar do controle genético e dos métodos de reprodução das espécies da forma menos traumática para o abate, definir os melhores alimentos e medicamentos para os animais, entre outras funções relacionadas à administração de rebanhos e criações de outras variedades de animais.

Como é a graduação?

Para receber o título de bacharel em zootecnia o estudante deve concluir a graduação, que varia de quatro a cinco anos, dependendo da universidade escolhida. Além disso, é preciso cumprir algumas horas de estágio obrigatório e supervisionado para, enfim, se formar e poder atuar no mercado de trabalho. 

Ao longo dos semestres, o aluno irá cursar as disciplinas de zoologia, biologia, física, genética, química, citologia, bioclimatologia, parasitologia, ciência do solo e forragicultura, biologia molecular, produção animal em culturas zootécnicas, gestão do agronegócio, criação e preservação de animais silvestres, e criação de animais de companhia, lazer e esporte, entre tantas outras.

Como foi possível perceber, a graduação dá ao estudante uma base muito sólida das diferentes formas de atuação de um zootecnista no mercado de trabalho.

Onde pode trabalhar?

Dentro das empresas do agronegócio, por exemplo, é função desse profissional trabalhar pelo bem-estar animal, desde a sua gestação até o momento do abate ou da coleta de alimento (como ovos e leite). É preciso pensar em toda a cadeia de vida dos animais para que eles gerem os melhores resultados e não sofram ao longo do processo.

É possível encontrar esses profissionais também trabalhando em laboratórios e indústrias de ração e remédios para animais, em propriedades rurais e realizando pesquisas com diversos objetivos dentro desse campo.

Mercado de trabalho

Em um país de dimensões continentais, como é o caso do Brasil, as oportunidades estão espalhadas por todo o território, pois há criação de animais em diversos estados. Porém, as maiores chances de conquistar um lugar no mercado de trabalho estão no Centro-Oeste, região que reúne muitas propriedades rurais e empresas do segmento alimentício.

O salário médio de um zootecnista é de R$3.150 mas é importante lembrar que esse número pode mudar de acordo com a função ocupada dentro do mercado, a região em que se vive e o grau de experiência que o profissional tem.

Conclusão

Para quem gosta de animais, essa é uma profissão que vai intensificar a relação com eles e fazer o profissional criar uma visão geral sobre a vida e os cuidados com os bichos. Se você gostou deste texto, não deixe de ler nossos outros artigos aqui no blog do COC.