Os programas e noticiários que vemos diariamente na televisão e ouvimos no rádio dependem do empenho de diversos profissionais para serem pensados, roteirizados, produzidos, editados e apresentados para o público. 

Muitas vezes, nas equipes responsáveis por tudo isso, existe um profissional de Rádio e TV, mas você sabe como fazer para seguir essa carreira? Tem dúvidas sobre o curso e o mercado de trabalho? Fique tranquilo, porque no texto de hoje vamos te mostrar tudo sobre essa área de atuação.

O que faz um profissional de Rádio e TV

Aquele que escolhe seguir essa carreira poderá trabalhar em diversas etapas de uma produção de rádio e televisão. Entre suas funções, está a criação, que consiste na elaboração de ideias, na pesquisa sobre a viabilidade de um projeto, na roteirização do que será apresentado e de cada fala dos apresentadores. Além disso, podem atuar na direção e na coordenação da execução do programa.

Esse profissional também é responsável por produzir toda a estrutura, como a programação de entrevistas e o contato com os convidados, a edição do projeto e, por fim, as operações técnicas, como a captação de imagens e som, e o trabalho com iluminação e efeitos sonoros.

Como é a graduação?

Para receber o título de bacharel em Rádio e TV, é preciso cursar a graduação, que dura quatro anos. Em alguns lugares do país, o curso pode ser conhecido por outros nomes, como: Comunicação Social em Rádio e Televisão ou Comunicação Social em Radialismo e Mídia Audiovisual.

Durante o curso, o estudante terá contato com teorias da comunicação e a produção prática de conteúdos de rádio e televisão. Entre as diversas disciplinas, estão: estrutura de roteiro, fotografia, captação e edição de áudio, documentário, legislação e direito de imagem, produção para televisão, redação, sonoplastia, teledramaturgia, teorias da comunicação etc.

Onde se pode trabalhar?

As grandes oportunidades de trabalho para um profissional de Rádio e TV estão, obviamente, nas emissoras de rádio e de televisão, mas não são as únicas opções. Com o crescimento da tecnologia e a facilidade de colocar produções audiovisuais na rede, muitas pessoas dessa área têm optado por atuar na internet, em produtoras de conteúdos para web, fazendo vídeos e podcasts, por exemplo.

O que pede o mercado de trabalho?

Se você quer ter sucesso nessa área profissional, seja uma pessoa antenada no que ocorre de melhor em relação às grandes produções e também dê espaço para conhecer trabalhos de pequenas produtoras, pois grandes projetos nascem em empresas independentes.

Além disso, desenvolva um conhecimento técnico sobre equipamentos e recursos disponíveis para cada tipo de produção, pois isso fará com que você seja um profissional consciente das possibilidades do mercado.

Caso o seu desejo seja atuar na criação, na roteirização ou na direção de conteúdo, saiba detalhar o seu público-alvo. Essa habilidade pode não parecer tão relevante, mas é fundamental para elaborar com perfeição o programa destinado para cada tipo de telespectador ou ouvinte.

Conclusão

Gostou de conhecer mais sobre essa profissão desafiadora e responsável por praticamente tudo o que vemos e ouvimos por aí? Se você é criativo, gosta de elaborar ideias e tem interesse pelos bastidores de um projeto audiovisual, seu caminho profissional pode estar no curso de Rádio e TV.

Confira outros textos sobre o Guia de Profissão aqui do blog do COC.