Ao acompanharmos os noticiários nos últimos tempos, resgatamos a imagem e o valor de uma profissão importante para o cuidado com a saúde. A enfermagem é uma área destinada a quem gosta de biologia e tem o desejo de ajudar o próximo.

Mas como é a carreira de um enfermeiro? No texto de hoje, da nossa série Guia de Profissão, você vai conhecer mais sobre a graduação em enfermagem, o que faz um enfermeiro, os campos de atuação e a expectativa salarial.

O que faz um enfermeiro?

A rotina de um enfermeiro é bastante dinâmica, e as atividades podem variar de acordo com o local onde ele trabalha. Mas, em síntese, podemos afirmar que esse profissional é responsável, por exemplo, por cuidar do bem-estar de uma pessoa que está internada em um hospital ou que necessita de atendimento em postos de saúde, clínicas e emergências.

As demandas desses profissionais da saúde são prestar qualquer tipo de auxílio e dar conforto para os pacientes, seja medindo a temperatura de alguém, seja dosando a medicação ou dando suporte à equipe médica durante procedimentos cirúrgicos e coordenando uma equipe de outros enfermeiros, por exemplo.

Cuidado com os termos

Para quem ainda não está familiarizado com alguns termos dessa área, é preciso ficar atento para não cometer erros importantes. Há diferenças entre um enfermeiro, um técnico em enfermagem e um auxiliar de enfermagem que você precisa saber.

Um enfermeiro é aquele que se graduou no curso superior de enfermagem, de que falaremos no tópico seguinte. Em uma escala de hierarquia dentro de um hospital, por exemplo, é ele que vai coordenar os técnicos e os auxiliares. Além disso, é o profissional que está apto a atender casos de maior gravidade.

Um técnico em enfermagem é aquele que estudou dois anos em um curso técnico e pode atender ocorrências de média e alta complexidade, sempre sob orientação de um enfermeiro.

Por fim, o auxiliar de enfermagem é o profissional que fez um curso de um ano, em que aprendeu noções básicas de cuidados médicos, e ocupa uma posição de atender casos simples em hospitais e clínicas. Ele é responsável por fazer curativos e aplicar injeções, por exemplo, sempre com a supervisão de um enfermeiro ou de um técnico em enfermagem.

Graduação em enfermagem

Como falamos anteriormente, para ser credenciado como enfermeiro, é preciso concluir a graduação, que pode durar entre quatro e cinco anos, e concluir o estágio obrigatório. 

Durante esse período de estudo, o aluno terá disciplinas ligadas à biologia e à prática diária da profissão. Entre as matérias cursadas, estão: biologia, histologia, anatomia, assistência de enfermagem em clínica cirúrgica, enfermagem do adulto e do idoso, epidemiologia, saúde comunitária, saúde da criança e do adolescente, saúde da mulher, saúde mental, entre tantas outras.

Onde pode atuar?

Dentro da área da saúde, o enfermeiro pode atuar em diversos campos. O mais comum é o hospital, onde é capacitado para assumir a responsabilidade de cuidar dos pacientes, de supervisionar a equipe de técnicos e auxiliares, de preparar os pacientes para exames e cirurgias e de auxiliar a equipe médica durante a realização de cirurgias.

Além disso, o enfermeiro pode trabalhar com casos de emergências, na prestação dos primeiros socorros em postos de saúde e clínicas. Esse profissional pode também atuar em conjunto com uma unidade móvel, indo até o local de acidentes e outras urgências, e realizando o resgate de pacientes.

O cuidado com as pessoas pode ocorrer também em domicílio, por isso o enfermeiro pode trabalhar na modalidade chamada de “home care”, ou seja, o atendimento feito na casa do enfermo. 

Quanto ganha um enfermeiro?

Como essa é uma profissão que possui diversas áreas de atuação, muitos cargos e especialidades, o salário pode variar bastante, mas para quem está começando na prática profissional, a remuneração pode ser entre R$ 1,8 mil a R$ 3 mil. Vale destacar que a região e a cidade onde se trabalha também influenciam no valor final.

Conclusão

Para os alunos que gostam da área da saúde e desejam dedicar as suas vidas a cuidar do próximo, a profissão de enfermeiro pode ser uma ótima opção. Como vimos atualmente, esses profissionais são extremamente importantes no dia a dia, por isso merecem ser valorizados.

Quer mais informações sobre outras áreas de atuação? Então confira no blog do COC os nossos textos sobre esse tema.