Você sabe o que faz um designer gráfico? A profissão que está atraindo a atenção de muitos estudantes pela dinamicidade do trabalho cresceu nos últimos anos, e o COC está aqui para te contar mais sobre como é a formação desse profissional, onde ele pode atuar, como é o mercado de trabalho e quais as expectativas em relação à remuneração. 

Ficou curioso? Então não deixe de ler o texto a seguir. Acompanhe!

O que faz um designer gráfico?

A profissão se destaca pela criatividade e habilidade em criar desenhos, peças visuais, vídeos e qualquer outro tipo de manifestação visual, seja para qualquer finalidade. 

O designer é responsável pela elaboração da identidade visual de uma marca, criando desde o logotipo até embalagens, cartões de visitas e demais materiais que a empresa ou o cliente necessitam. Além disso, também está sob a alçada desse profissional criar sites, planejar campanhas publicitárias e colocar em prática todas as ideias definidas para o lançamento de um produto, marca ou serviço. 

Ainda dentro da profissão, um designer pode se especializar em pontos específicos e se desenvolver como uma referência dentro de uma companhia. Existem, por exemplo, aqueles que têm a capacidade de animar vídeos, criar artes para embalagens etc.

Onde pode atuar um designer gráfico?

O local mais comum em que um designer gráfico pode trabalhar é nas agências de publicidade e marketing. Nesse tipo de ambiente, a rotina está sempre atrelada à criação de peças visuais para clientes e, dependendo do porte da empresa, o profissional consegue trabalhar com diferentes tipos de marcas, explorando ainda mais o seu potencial e a sua criatividade.

Além das agências, encontramos designers gráficos em outros segmentos, como dentro de grandes empresas, trabalhando com o time de marketing, e em emissoras de televisão, ajudando na montagem de cenários e criando toda a comunicação visual de cada programa ou novela. 

Como é a formação de um designer gráfico?

O profissional que atua como designer gráfico passou por pelo menos um dos dois tipos de formação possíveis. A de tecnólogo dura, no máximo, dois anos e o curso pode ser realizado em institutos técnicos. Já o bacharelado tem duração de quatro anos e oferece uma formação mais aprofundada, relacionada às necessidades do mercado de trabalho.

Durante os estudos, o aluno tem contato com disciplinas teóricas e práticas, como computação gráfica, desenho vetorial, desenho artístico, história da arte, legislação e ética, publicação na internet, tipografia, teoria da comunicação, comunicação visual, entre tantas outras.

É importante lembrar que muitas pessoas que atuam como designers gráficos têm formação em publicidade e propaganda ou em marketing e, dependendo do caminho que esses profissionais escolhem, podem migrar para a área de criação.

O mercado de trabalho

Quando falamos sobre remuneração, é preciso levar em conta que cada região tem a sua particularidade, o que faz com que os valores variem. Além disso, o grau de experiência do profissional conta bastante no momento de se estabelecer o salário. Por isso, a média para alguém que já é formado e tem alguns anos de experiência é de R$ 2.005. 

Gostou de saber mais sobre a carreira de designer gráfico? Então não perca nossos outros artigos sobre guias de profissões!