Ingressar em uma faculdade de medicina é uma tarefa muito concorrida. Não é à toa que o curso é o que possui maior número de candidatos por vagas há anos no Brasil. 

Alguns estudantes que estão no período de prestar o vestibular ainda ficam em dúvida sobre como é a carreira médica e como é o curso. Para acabar com essas incertezas, continue aqui com a gente, pois vamos te mostrar um guia completo da profissão. Acompanhe!

Curso de Medicina

O futuro médico passará, no mínimo, seis anos estudando arduamente durante o período de faculdade. No Brasil, o curso de Medicina é o de maior duração entre todas as carreiras, e os estudos são separados por etapas na maioria das instituições.

Nos dois primeiros anos, o aluno terá contato com disciplinas teóricas e gerais sobre o funcionamento do corpo humano, que o ajudarão a desenvolver um pensamento médico. Esse estágio do aprendizado também é chamado de “ciclo básico de conhecimento”.

No terceiro e quarto anos, os estudantes passarão a ter contato com a prática da profissão, atendendo pacientes, fazendo exames e realizando diagnósticos baseados no que foi estudado anteriormente. Durante esses dois anos, o cotidiano do aluno é dividido entre outras disciplinas, e esse contato prático com atendimento é chamado de “período clínico”.

Os dois últimos anos do curso de Medicina são destinados apenas à prática da profissão, no período chamado de “internato”, no qual o estudante fará plantões em hospitais e tomará a frente em atendimentos ao público, mas sempre acompanhado de seus professores. 

Durante esses dois anos de atividades práticas, os alunos deverão atuar em cinco áreas, realizando uma rotação entre cirurgia, ginecologia e obstetrícia, medicina da família e comunidade, pediatria e clínica médica. Dessa forma conseguem compreender em sentido amplo as diversas possibilidades de atuação.

Ao final do período de faculdade, os recém-formados receberão o título de bacharelado e poderão atuar como clínicos gerais. Caso seja o desejo do médico se especializar em alguma área, ele deverá prestar uma prova para residência médica para estudar por mais alguns anos. Esse tempo pode variar de acordo com a área escolhida, mas, em média, são no mínimo mais dois anos.

O que se estuda?

O curso de Medicina no Brasil tem grade curricular integral, ou seja, o aluno estuda em dois períodos. Ao longo dos anos de aprendizado, eles terão contato com disciplinas como:

Anatomia humana, fisiologia humana, bioquímica, biofísica, genética, patologia, microbiologia, imunologia, bioética, farmacologia, clínica médica, psiquiatria, traumatologia, além de aulas sobre as diferentes áreas da medicina, como ortopedia, pediatria, ginecologia e obstetrícia, dermatologia, otorrinolaringologia, oftalmologia, entre outras.

Áreas de atuação

Como se sabe, os médicos podem atuar em diversas áreas e especializações, tanto dentro dos hospitais e clínicas quanto em outros ambientes.

Dentre as especializações, os médicos podem atuar como: cirurgiões, cardiologistas, oncologistas, dermatologistas, geriatras, urologistas, ginecologistas, geneticistas, pediatras, ortopedistas, entre tantas outras opções.

O trabalho do médico pode estar presente em diversos locais além dos hospitais e clínicas particulares, como na rede pública de saúde, no meio esportivo - acompanhando atletas e buscando melhorar o rendimento físico deles -, no campo acadêmico, na área de pesquisa e desenvolvimento de remédios e vacinas, no campo militar e fazendo perícias para empresas e órgãos do governo municipal, estadual ou federal.

Mercado de trabalho

A pessoa que decide cursar Medicina, deve saber que existem muitas oportunidades no mercado de trabalho. Porém, o percentual de médicos espalhados pelo país nem sempre é equilibrado. 

Em grandes centros urbanos, a concorrência é alta, principalmente para quem é recém-formado e deseja fazer residência. Diferente de locais mais afastados, onde a presença de médicos é menor.

Em relação ao salário, essa é uma das carreiras que tem maior projeção para se ganhar um alto valor. Dentre as especialidades médicas, a área de cirurgias plásticas é a que paga melhor, cerca de R$20 mil mensalmente. 

Já para os que preferirem prestar um concurso público e fazer plantões em hospitais e clínicas, o salário médio pode chegar a R$18 mil. Esses valores podem sofrer variações, dependendo da região de atuação.

Se a sua vontade é cursar Medicina, é preciso se dedicar muito aos estudos e ter paciência, pois a caminhada é longa, mas gratificante. Para te ajudar ainda mais na preparação para os vestibulares, confira o canal Coach COC no YouTube. Lá te daremos dicas para você estudar mais e melhor.

Não deixe de visitar o blog do COC para saber mais sobre carreiras e vestibular.

6 dicas para fazer um ótimo resumo para o vestibular

Guia de Profissão: como é a carreira de advogado?