As células presentes nos seres vivos são classificadas em eucariontes e procariontes. A diferença entre elas é a estrutura celular. As procarióticas caracterizam-se por terem uma estrutura simples e a ausência de núcleo, enquanto as eucarióticas têm um núcleo definido e uma estrutura complexa. Acredita-se que a primeira célula procariótica surgiu há mais de 3,5 bilhões de anos, e que, por muitos anos, os organismos eram formados apenas por essas células, até surgirem as eucariontes, há 1,7 bilhão de anos. Quer saber mais sobre esses tipos celulares e as diferenças entre eles? Confira!

Procariontes

O nome dessa célula vem do grego “pro” (antes, primeiro) e “karyon” (núcleo), ou seja, “antes do núcleo”. As células procariontes são formadas por citoplasma, ribossomos e material genético, e possuem apenas a membrana plasmática, com ausência da carioteca que divide o núcleo celular. O material genético fica no nucleóide (núcleo não separado), região celular localizada no citoplasma e que abriga moléculas de DNA circulares chamadas plasmídeos. 

Os seres procariontes, ou procariotos, possuem apenas uma célula. Portanto, são considerados unicelulares, como as bactérias e as cianobactérias. As bactérias e arqueas são organismos procariontes e podem assumir diferentes formas, como espirilos (seres alongados e helicoidais); cocos, coccus e cocci (organismos relativamente esféricos) bacilos, bacillus e bacilli (levemente alongados); e vibriões (dobrados em forma de arco ou de vírgula). Veja as suas características:


Célula procariótica e suas estruturas celulares.

Cromossomos: o material genético é composto apenas por uma molécula simples de DNA com proteínas e não é separado do citoplasma por uma membrana.

Citoplasma: possui os ribossomos ligados às moléculas de RNA mensageiro, chamados polirribossomos, e o material genético fica localizado no nucleóide.

Forma e tamanho: possuem forma simples, com1 a 10µm de diâmetro, sendo menores que as eucariontes. São esféricas ou têm formato de bastão, com a sua configuração mantida pela parede extracelular.

Parede extracelular: é rígida e sintetizada no citoplasma, além de aderir à superfície externa da membrana celular. Possui polissacarídeos com peptídeos e protege a célula das variações causadas pelo meio ambiente, como desidratação.

Divisão celular: nas células procariontes não há mitose. Dessa forma, a reprodução ocorre por gemiparidade ou fissão binária assexuada, que recombina o material genético por transdução ou transformação. Além disso, permite que um organismo crie uma resistência antibiótica.

Energia metabólica: não possui mitocôndrias, mas enzimas oxidativas ligadas à face interna da membrana celular.

As células procarióticas possuem a mesma estrutura molecular que as eucariontes, mas não apresentam algumas organelas, como mitocôndrias, retículo endoplasmático liso ou rugoso, complexo de Golgi, plastídeos, cariomembrana, lisossomos e vacúolos. 

As procariontes têm DNA formado só por um filamento de DNA circular, que se dispersa no citoplasma como ribossomos, que, por sua vez, realizam a síntese proteica. Além disso, organismos pluricelulares não são formados a partir de células procarióticas.

Eucariontes

As células eucarióticas são mais complexas. Seu nome também vem do grego: “eu” (verdadeiro) e “karyon” (núcleo), ou seja, “núcleo verdadeiro”. Têm membrana individualizada e delimitada - sua principal característica -, que envolve o núcleo celular, que, por sua vez, armazena o material genético. Essas células possuem muitas organelas celulares que têm diferentes funções e duas partes distintas: o citoplasma e um núcleo bem definido. 

Os seres eucariontes podem ser unicelulares, como as amebas, ou pluricelulares, como os animais em geral, englobando os reinos Protista, Fungi, Plantae e Animalia, devido aos processos de meiose e mitose. Confira mais sobre a estrutura das células eucariontes:

Sistema de membrana: sua função é separar os processos metabólicos de acordo com as moléculas absorvidas e as diferenças enzimáticas entre as membranas, que compõem diversos compartimentos. Essa divisão de tarefas permite que as células eucarióticas sejam maiores e mais eficientes.

Cromossomos e DNA: apresentam maior quantidade de DNA e os cromossomos têm histonas (proteínas que compõem o nucleossomo), além de ficarem separados do citoplasma pelo envoltório nuclear.

Citoplasma: essa parte é envolta pela membrana plasmática e formada pela matriz, pelas organelas e por outros compartimentos. Também há depósitos de diferentes substâncias, como o glicogênio, e o espaço entre eles é composto pelo citosol ou pela matriz citoplasmática.

Citosol: essa parte possui moléculas de água, íons, aminoácidos e enzimas que participam da síntese e degradação de carboidratos, de ácidos graxos, de aminoácidos etc.Há também monômeros de proteína, que formam estruturas como os microtúbulos e os filamentos de actina - que compõem o citoesqueleto -, dão forma às células eucariontes, participam dos movimentos celulares e deixam cada organela no devido lugar.

Membrana plasmática: sua função é separar o citoplasma do meio extracelular. A membrana plasmática apresenta permeabilidade seletiva, sendo fundamental para manter o equilíbrio químico da célula.

Organelas celulares:

  • Núcleo: local onde fica o DNA celular e onde há o controle das atividades da célula por meio dos genes.
  • Nucléolos: ficam no interior do núcleo, onde é feita a síntese de ribossomos.
  • Mitocôndrias: sua função é liberar energia das moléculas de glicose e de ácidos graxos. Esse processo resulta na liberação de calor e de moléculas de ATP.
  • Vacúolos: essas estruturas armazenam diversas substâncias.
  • Leucoplastos: já essas armazenam amido.
  • Complexo de Golgi: é formado por vesículas achatadas e circulares e tem relação com a síntese de carboidratos.
  • Peroxissomos: possuem a presença de enzimas oxidativas que transferem átomos de hidrogênio dos substratos para o oxigênio. Têm a maior parte da catalase celular, uma enzima que converte peróxido de hidrogênio em água e oxigênio.
  • Retículo endoplasmático rugoso: realiza asíntese de proteína.
  • Retículo endoplasmático liso: faz a síntese de lipídios.
  • Lisossomos: têm enzimas hidrolíticas que participam da digestão celular.
  • Cloroplastos: nas células vegetais, possuem o pigmento relacionado à fotossíntese, a clorofila.
  • Cromoplastos: já esses contêm pigmentos não verdes.
  • Leucoplastos: armazenam amido.

As células eucariontes de animais e de vegetais se diferenciam. Nas dos vegetais, as paredes celulares são mais rígidas e os vacúolos citoplasmáticos costumam ser maiores. Também apresentam um vacúolo central largo. Já as células eucariontes dos animais apresentam vacúolos pequenos, por causa da ausência de cloroplastos. Veja a estrutura da célula eucarionte animal e a da vegetal:

Estrutura da célula eucarionte animal.


Estrutura da célula eucarionte vegetal.

Diferenças entre as células eucariontes e procariontes

A diferença entre as células eucariontes e procariontes está na estrutura celular. Mesmo assim, podemos notar algumas semelhanças, como a presença de material genético, citoplasma e membrana celular. Veja as principais diferenças:

Célula procarionte: menor estrutura, com diâmetro máximo de 5 μm

Célula eucarionte: maior estrutura, com diâmetro máximo de 100 μm.

Célula procarionte: funcionamento simples.

Célula eucarionte: funcionamento complexo.

Célula procarionte: não tem organelas membranosas.

Célula eucarionte: possui organelas membranosas.

Célula procarionte: o material genético está no citoplasma.

Célula eucarionte: o material genético está dentro do núcleo.

Célula procarionte: molécula de DNA circular.

Célula eucarionte: molécula de DNA longa e filamentar.

Célula procarionte: reproduz-se por fissão binária assexuada.

Célula eucarionte: reproduz-se por mitose e meiose.

Célula procarionte: constitui seres unicelulares.

Célula eucarionte: forma seres unicelulares ou pluricelulares.

Célula procarionte: reino Monera.

Célula eucarionte: reinos Protista, Fungi, Plantae e Animalia.

Célula procarionte: bactérias e arqueas são seres procariontes.

Célula eucarionte: fungos, plantas e animais são seres eucariontes.

Agora você sabe as características das células procariontes e eucariontes e as diferenças entre elas. Continue ligado no blog do COC para ler outros posts de biologia:

Quais as diferenças entre mitose e meiose?

Qual é a função da membrana plasmática?

Conheça o Coach COC e organize seus estudos!

O aplicativo Coach COC é o seu novo parceiro para os estudos! Ele vai te ajudar a organizar a sua rotina e planejar seu dia a dia. Acesse a página do app e baixe agora mesmo!