As tarefas domésticas, como organizar e limpar a casa, são atividades necessárias, que demandam tempo e zelo. Muitas vezes, paciência e criatividade são fundamentais para solicitar que os filhos colaborem  nessas atividades, principalmente para manter um clima leve e ainda assim integrar toda a família na realização destas obrigações.

As atividades domésticas estimulam o senso de responsabilidade em crianças e adolescentes, tornando o seu cumprimento importante também para o próprio crescimento deles. Confira como separar da melhor forma os afazeres do lar:

Deixe que eles escolham as tarefas

Simplesmente impor tarefas pode não ser a melhor maneira de atrair os filhos para os afazeres de casa. Mesmo que eles se queixem de que não há nada que de fato gostem, com certeza existem atividades que são mais prazerosas do que outras. Sempre que possível, deixe aberta a discussão e tente organizar as divisões das tarefas a partir disso.

Divida de acordo com a faixa etária

Cada fase do  desenvolvimento infantil conta com diferentes habilidades e níveis de consciência. Por isso,  é relevante que as atividades sejam relacionadas ao mundo das crianças: escolha opções como organizar os brinquedos, arrumar o quarto, escovar o cachorro, jogar lixo na lixeira, ajudar a arrumar as compras do mercado e retirar os pratos da mesa após a refeição. Quanto mais idade os filhos tiverem, é interessante dividir tarefas mais complexas, como as de limpeza, organização e levar o lixo para fora.

Crie uma agenda

Você sabia que estabelecer uma rotina de tarefas ajuda crianças e adolescentes a cumprir o que foi acordado? Além de ser mais prático do que solicitar que sejam  realizadas a todo momento, elas também mantêm uma agenda com as atividades que precisam ser feitas. Mas lembre-se: não é necessário manter os horários e atividades fixas todas as semanas.

Revezamento de atividades

Jovens costumam gostar de rotinas diferentes, que fujam do mesmo padrão de sempre. Diversão e mudança: duas palavras que costumam acompanhar o estilo de vida das novas gerações. Permita que as rotinas mantenham um esquema de revezamento durante as semanas. Além de ajudar a movimentar o dia a dia, a tática é relevante para que habilidades em diferentes afazeres domésticos sejam desenvolvidas.

Bonificação

Há quem discorde de que os filhos precisam ser recompensados por ajudar em casa, mas outros apontam que esta é uma maneira de iniciá-los nos afazeres domésticos. Não há necessidade de presenteá-los com dinheiro, pois existem inúmeras maneiras de agradar as crianças sem que haja gastos monetários envolvidos. Seu filho cumpriu o combinado? Libere o computador ou o videogame por mais tempo, deixe-o sair no fim de semana ou faça algum passeio de que ele gosta.

Além de tirar o peso dos responsáveis por ter que cumprir todas as necessidades domésticas, a colaboração  no lar permite que seus filhos desenvolvam autonomia, característica fundamental para a vida adulta. É importante que os pais façam com que eles reconheçam que essas atividades também os beneficiarão e que não precisam ser vistas como simples obrigação, mas como cuidado com a casa e a família.

Gostou das dicas? Confira alguns outros posts que podem te ajudar:

Atividades para fazer em família com filhos adolescentes.

Importância de uma alimentação saudável para os estudos.

Como ajudar os filhos a conciliar estudos e diversão.

Aqui estudar é poder!

O COC dispõe dos recursos mais modernos que a tecnologia oferece para o aprendizado. Clique aqui e conheça a unidade mais próxima de você.