As atividades artísticas, como pintura, desenho, leitura, artesanato e canto, ajudam as crianças a ficarem mais animadas e colaboram para o desenvolvimento de habilidades cognitivas e sociais. Além disso, o incentivo à criatividade auxilia também na coordenação motora. 

Já outras atividades, como contar histórias com a família reunida, auxilia no desenvolvimento da fala e da conversação. As crianças que possuem os hábitos de cantar e dançar, por exemplo, tornam-se mais extrovertidas. E a participação dos pais nesses momentos é muito importante, como falaremos a seguir. Confira!

A participação dos pais

De forma geral, a participação dos pais é fundamental para o desenvolvimento da criança. E neste caso, é muito importante que os responsáveis ajudem seus filhos a descobrir o que gostam de fazer! Dessa forma, os laços familiares são estreitados e os pais têm a oportunidade de apresentar novidades aos filhos, motivando-os a explorar o novo!

Momentos como ir ao teatro e ao cinema também estimulam o gosto da criança pelas artes. Por isso, sempre que possível, façam esses programas juntos! Os pais também devem incentivar os filhos a criar obras e outros elementos artísticos e, caso errem, devem estimulá-los a tentar novamente, ensinando a aprender com os erros até atingir o resultado desejado. Apesar das dificuldades, eles têm que aprender a não desistir!

Desenvolvimento físico e mental...

Atividades artísticas, como dança e teatro, auxiliam no autoconhecimento corporal da criança, na capacidade de concentração, no desenvolvimento da coordenação motora e na noção de espaço. Se a escolha for uma atividade que envolve pintura ou escultura, por exemplo, as crianças também poderão melhorar a coordenação, além de ter a possibilidade de escolher as técnicas e materiais que usarão, e descobrir novas texturas e formas. 

Por vezes, as crianças não conseguem expressar seus sentimentos e opiniões por meio de palavras. Por isso a arte permite que elas “coloquem para fora” o que sentem e pensam. Habilidades como sensibilidade, criatividade e senso crítico também são trabalhadas nesse processo.

… afetivo e social

Muitas atividades artísticas são realizadas em grupos, o que é ótimo para o desenvolvimento social e afetivo das crianças. Elas socializam e aprendem a trabalhar em equipe com outras crianças. Com isso, também percebem que cada pessoa é diferente da outra e isso deve ser respeitado. Além da parte social, essas atividades estimulam o afeto: os pequenos aprendem a reconhecer seus sentimentos, a expressá-los e controlá-los. O teatro, por exemplo, ajuda crianças que são tímidas a desenvolver a autoconfiança, já que nessa prática é preciso dialogar e interagir com outros. 

Incentivo à pintura e à escrita

A escrita e o desenho são habilidades essenciais para desenvolver o lado intelectual das crianças, já que incentiva a imaginação. Ainda, sua maneira de ver o mundo ao seu redor será refletida em suas obras, desde um simples rabisco até algo mais elaborado. 

Deu para perceber como a arte é muito boa para o desenvolvimento das crianças, não é? Assim elas se tornam confiantes e dedicadas, alcançando objetivos e realizando sonhos! 

Acompanhe o blog do COC para ver outros posts sobre desenvolvimento das crianças:

6 dicas para criar o hábito de leitura nas crianças

6 dicas para ajudar o seu filho a desenvolver a inteligência emocional

Conheça o Coach COC e organize seus estudos!

O aplicativo Coach COC é o seu novo parceiro para os estudos! Ele vai te ajudar a organizar a sua rotina e planejar seu dia a dia. Acesse a página do app e baixe agora mesmo!