Encontrar seu nome na lista de aprovados é uma sensação indescritível para muitos vestibulandos, já que representa o resultado de muita dedicação. Nesse momento, os familiares e os amigos vibram ao lado do novo universitário, mas, por vezes, o coração dos pais também fica apertado. Alguns calouros precisam deixar a sua cidade ou mesmo o seu estado para cursar a faculdade dos seus sonhos. E agora, o que fazer?

Você não está sozinho!

É natural que algumas famílias sintam um certo frio na barriga ao perceber que o jovem finalmente “criou asas” e logo estará voando! Muitos pais, na verdade, sentem essa preocupação desde o início da preparação para o vestibular, especialmente aqueles que residem em cidades pequenas e que estão afastadas de grandes centros urbanos e campi universitários.

É comum sentir insegurança ao ver o filho dar os primeiros passos em direção à sua independência. No entanto, tenha em mente que ele estará indo atrás dos seus sonhos profissionais e alcançando as primeiras metas da sua vida adulta.

Por isso, nessa etapa é fundamental manter a calma. Estar presente e apoiar o seu filho pode fazer toda a diferença, ajudando-o a realizar essa transição de maneira tranquila e saudável. Converse bastante, incentive-o a pesquisar sobre a nova cidade e deixe sempre que ele tome a decisão final sobre a mudança. Deixar a cidade natal e a casa da família é um grande passo, portanto o seu filho deve ter a certeza de que está pronto e amparado para enfrentar esse desafio.

Como ajudar meu filho?

Ao ver seu filho sair de casa para estudar em uma outra cidade, tenha a segurança de que os benefícios serão muito maiores do que apenas os acadêmicos. Ao morar sozinho, o jovem aprenderá a ser responsável, a cuidar do espaço onde mora, a ser organizado com seus gastos e disciplinado com os horários. Incentivar o seu filho a realizar essa mudança garante o apoio emocional ideal para que ele dê o primeiro passo e, aos poucos, caminhe com as próprias pernas. Confira algumas dicas para esse momento!

Ajude com a documentação e a matrícula

Por vezes, para realizar o ingresso na faculdade, o seu filho terá que viajar para a cidade na qual irá estudar e realizar esse processo presencialmente. Então, é possível ajudá-lo a reunir os documentos solicitados pela instituição de ensino. Estar longe de casa e perceber que esqueceu um item importante da lista pode ser um problema sério.

Além disso, que tal aproveitar esse momento para acompanhar o seu filho? Muitas instituições têm recepções especiais para os calouros no dia da matrícula. Conhecer a instituição que o seu filho frequentará durante os próximos anos pode ser uma experiência interessante e tranquilizadora para os pais. O mesmo vale para a nova cidade: deem uma volta e conheçam os bairros próximos à faculdade!

Oriente-o na escolha de uma moradia

Depois de realizar a matrícula e conhecer um pouco melhor a nova cidade, é hora de ajudar o seu filho a encontrar um espaço para morar. Algumas instituições públicas têm moradias universitárias destinadas a estudantes de baixa renda. Se esse for o caso da sua família, informe-se sobre o processo para obter um quarto.

Entretanto, se há possibilidade de alugar um espaço, sente-se com o seu filho e questione suas necessidades, explicando quais são as opções viáveis para a sua família. É possível procurar por apartamentos individuais, repúblicas e até mesmo quartos individuais para estudantes.

Também é importante considerar aspectos como segurança, a proximidade entre a moradia e a faculdade, a facilidade de acesso às linhas de ônibus e estações de metrô, e a disponibilidade de mercados, farmácias e caixas eletrônicos.

Incentive o seu filho a conhecer a nova cidade

Se os pais sofrem com a partida do filho, morar longe de casa também pode ser uma decisão difícil para o novo universitário. Por isso, incentive-o a conhecer lugares na cidade. Geralmente, as universidades estão localizadas em grandes centros urbanos e os estudantes podem visitar monumentos históricos, museus, teatros e muito mais. Até mesmo as faculdades localizadas no interior dispõem de passeios culturais e turísticos, como visitar cachoeiras, fazer trilhas e estar mais em contato com a natureza. As opções são amplas e elas podem ser muito benéficas para os jovens.

Estimule seu filho também a fazer novos amigos, conversar com alunos veteranos e descobrir espaços culturais onde ele possa se sentir bem. É fundamental que ele construa uma rede de relacionamentos longe de casa, uma vez que esses novos amigos estarão mais próximos para apoiá-lo no dia a dia.

Use a tecnologia para encurtar distâncias

Felizmente, as redes sociais e os serviços de chamadas de vídeo, por exemplo, ajudarão vocês a matar a saudade! Você poderá conversar com o seu filho sem grandes dificuldades, descobrindo as novidades das suas vivências universitárias. Mas cuidado com a frequência de chamadas, para não transformar esse momento em um hábito que atrapalhe a sua convivência com outras pessoas. Além disso, lembre-se de respeitar o seu espaço e a sua intimidade.

Agora é hora de respirar fundo! Cursar uma universidade longe de casa também é um desafio para os jovens. Converse bastante com o seu filho e esteja presente ao longo desse processo, garantindo que o momento trará frutos positivos e muita alegria!

Aqui estudar é poder!

O COC se preocupa com o desenvolvimento dos seus filhos. Aqui estudar é poder realizar! Acompanhe as notícias em nosso blog e aproveite todos os benefícios que o sistema COC de ensino pode trazer para a sua família. Saiba mais aqui!