Recentemente, as discussões a respeito do cuidado com a saúde mental das pessoas se tornaram mais recorrentes. A importância dada a esse tema chegou às crianças, que também sofrem com questões que atrapalham o equilíbrio psicológico delas. 

Nesse sentido, é fundamental que se debata maneiras de manter a criança saudável mentalmente e como os pais podem lidar com essa situação. No texto a seguir, vamos te mostrar algumas ações para manter esse cuidado com seus filhos. Acompanhe!

Preste atenção aos sinais

O esgotamento psicológico pode ser derivado de uma série de situações, como uma desavença na escola, ser alvo de bullying, não tirar boas notas, se diminuir em relação aos colegas, presenciar brigas e discussões entre os familiares etc. Na fase do desenvolvimento infantil, os pequenos absorvem com mais facilidade o que acontece à sua volta, e isso pode gerar problemas muito profundos.

Os pais, no entanto, podem ficar atentos a alguns sinais que indicam que a criança não está plenamente confortável em um lugar ou circunstância, fato que pode gerar uma crise na saúde mental dela. 

Observe, por exemplo, se ela está se alimentando direito, se muda o seu comportamento ao ouvir o nome de alguém ou de um lugar, se está disposta a brincar, se tem uma noite de sono tranquila, se faz comentários que expressam baixa autoestima, se tem problemas de relacionamento com colegas e professores, se consegue expressar suas emoções etc.

Todos esses fatores podem ajudar os pais e responsáveis a detectar alguma situação que pode comprometer o relacionamento dela com a comunidade em que vive.

Converse!

Nada melhor do que conversar para conhecer mais a fundo uma pessoa. E quando se trata de um filho, isso é ainda mais especial. Crie o hábito de ser um ouvinte confiável para ele, independentemente da idade que ele tenha.

Quando essa relação é próxima e sincera, os pais conseguem captar, em poucas atitudes, que há algo acontecendo com seus filhos, e a ajuda só pode ser efetiva se houver essa troca de palavras entre as partes. Por isso, preste atenção nos detalhes do que as crianças estão falando, pois elas podem soltar informações valiosas durante diálogos descontraídos, como em uma brincadeira.

Dê liberdade para se expressarem

Uma pessoa que está sofrendo com problemas que afetam a sua saúde mental tende a mudar seus comportamentos, ficar mais retraída e evitar a demonstração de suas emoções. Ao se fecharem e não expressarem todos esses sentimentos, o caminho para a melhoria do estado mental pode ficar cada vez mais estreito.

Dessa forma, é essencial que os pais e responsáveis deixem as crianças se expressarem através das brincadeiras, das artes, do esporte, da música, da culinária etc. O mais importante é que elas percebam que dentro do ambiente familiar elas podem verbalizar o que está acontecendo internamente, em suas emoções e pensamentos.

Acompanhe a vida escolar da criança

Como citamos, as crianças podem passar por situações desconfortáveis dentro do ambiente escolar, seja na relação com os colegas, seja na adaptação à instituição ou por alguma dificuldade de aprendizado. Por isso, é fundamental que os pais estejam sempre ligados em como anda a relação do seu filho com a escola.

Esteja presente nas reuniões entre pais e professores, busque ter um contato mais próximo dos coordenadores e, em casa, pergunte à criança como estão as coisas, o que ela está aprendendo, se está com dificuldades nas lições e avaliações etc. Esse acompanhamento contribui para detectar problemas e manter a saúde mental dela em ordem.

Cuidado com as palavras

Por fim, é importante sempre ter cuidado com as palavras usadas na relação com as crianças, pois muitas delas podem ser interpretadas como fortes e inibidoras. Dessa forma, tente estabelecer uma comunicação não agressiva quando for necessário chamar a atenção do pequeno por algum motivo. Opte por ensinar como é o certo ao invés de apontar o dedo apenas para o erro.

Lembre-se de que a saúde mental pode ser abalada por diversos fatores, e uma palavra interpretada de forma errada pode, sim, ser a chave para uma instabilidade emocional e psicológica. 

Conclusão

Depois de ler todas as nossas dicas, você com certeza vai prestar mais atenção no comportamento do seu filho para monitorar como anda a saúde mental dele, que é fundamental para que ele cresça saudável e desenvolva várias habilidades.

Gostou deste texto? Então aproveite para conferir nossos outros artigos no blog do COC!