A época do ensino médio é um dos períodos mais cruciais na vida de pais e filhos por causa da escolha da carreira. Os pais querem orientar os filhos para que alcancem o sucesso, e os jovens estudantes começam a entender melhor que caminho querem seguir. Juntos, podem fazer muitas descobertas.

Para ajudar os seus filhos a escolher uma carreira antes de prestar o vestibular, além de compreender e acompanhar o processo de decisão deles, que tal conferir as dicas que o COC reuniu neste texto? Veja a seguir!

1. Incentive-o a conhecer a rotina da profissão

A primeira dica é incentivar o seu filho a conhecer o dia a dia da profissão na qual pensa em seguir carreira. Dessa forma, ele sabe como o trabalho acontece na prática, descobre as habilidades que são requeridas, o que ele vai desenvolver e se é realmente aquilo que quer fazer no futuro. Isso pode ser feito com visitas técnicas a locais de trabalho e com conversas com profissionais da área, e vale até pesquisar se é possível conhecer as aulas e ementas da graduação.

Claro que você, responsável, pode acompanhar esses momentos, mas incentive o seu filho a tomar atitudes para explorar a profissão. Lembre-se de conversar sobre essas descobertas e saber as opiniões e vontades dele, assim vocês caminham juntos, se aproximam e conhecem muitas coisas novas em parceria.

2. Explique que é importante gostar da carreira

Quando o seu filho escolher seguir uma carreira com a qual criou identificação ou estiver pesquisando uma profissão, explique que é importante ter interesse e gostar daquilo que vai fazer. O ideal é não escolher uma carreira por ser tendência ou proporcionar salários altos, mas optar por um trabalho que possa ser desenvolvido com dedicação e satisfação, e que gere felicidade no cotidiano. Dessa forma, os objetivos e os resultados são alcançados naturalmente!

3. Converse sobre as possibilidades oferecidas pela profissão

Busque saber com o seu filho quais são as possibilidades de trabalho e quais portas podem se abrir quando ele já estiver seguindo a carreira na profissão escolhida. Veja os tipos de locais e as empresas em que ele pode trabalhar, e também as especializações e outros estudos que ele pode realizar após a graduação. 

Além disso, ao seguir essa dica, seu filho também pode conversar com os profissionais que já estão na área, ler sobre as empresas do ramo e se inteirar sobre o mercado de trabalho. Dessa forma, ele consegue saber se realmente gosta daquilo que pensa em escolher e, às vezes, esse processo pode despertar outros interesses que o farão ter certeza da sua carreira.

4. Se necessário, procure uma orientação vocacional

Fazer um teste ou ter uma orientação vocacional com um psicólogo durante a época de escolha de uma profissão e da graduação é uma das dicas para seguir carreira naquilo para que realmente se tem aptidão. Claro que essa é apenas uma orientação, então deixe claro para seu filho que ele não deve seguir 100% o que as outras pessoas sugerem! Esse pode ser um momento importante para, pelo menos, entender qual área quer seguir.

5. Ajude a desenvolver o autoconhecimento

É essencial que seu filho trace os objetivos que quer alcançar durante os anos acadêmicos, além dos profissionais e pessoais. Por isso, é importante que os pais ajudem na descoberta de interesses e habilidades, e no desenvolvimento do autoconhecimento. 

Isso pode ser feito por meio de conversas no ambiente familiar, cursos extracurriculares, esportes, participação em grupos além da escola - principalmente aqueles que envolvem criatividade, leitura de livros, brincadeiras, workshops ou olimpíadas culturais - e do contato com profissionais de diversas áreas. Além de desenvolver o autoconhecimento, seu filho também aprende a trabalhar em equipe, adquire senso de responsabilidade e se torna proativo. 

6. Ajude na pesquisa sobre cursos e profissões

Acompanhado do seu filho, pesquise as principais informações sobre as atividades, áreas de atuação, o mercado de trabalho e os melhores cursos de graduação referentes à carreira que ele quer seguir. Também incentive seu filho a frequentar as feiras de universidades e palestras sobre a profissão, assim é possível fazer novas descobertas sobre a área e tirar dúvidas. 

7. Respeite e compreenda a decisão do seu filho

Enquanto acompanha esse processo de escolha da carreira do seu filho, é importante demonstrar apoio e respeitar os interesses e desejos dele. Cumprindo esse papel, ele vai se manter motivado e não se sentirá sozinho nesse momento repleto de novidades, ansiedade e descobertas. 

Conforme as conversas forem acontecendo, ele desenvolverá opiniões e aprenderá mais sobre a vida profissional e a organização financeira para o futuro. O apoio dos pais e familiares deve aparecer principalmente durante o ensino médio e o ano pré-vestibular, quando o preparo para realizar as provas é ainda maior. 

8. Deixe claro que não precisa ser uma decisão definitiva

É importante que vocês expliquem que a decisão que ele vai tomar, tanto escolhendo um curso de graduação quanto uma profissão, não precisa ser definitiva! Não há problema se, com o passar do tempo, seu filho migrar de área ou de curso para fazer o que realmente gosta depois de se conhecer melhor. Afinal, durante o ensino médio, ele é jovem e está em processo de descobrir muitas coisas da vida ainda, não é mesmo? 

Além disso, a cada ano que passa, aparecem mais novidades no mercado de trabalho e novas profissões que seguem o mundo contemporâneo. Por isso, depois de um tempo, seu filho pode se interessar por algo novo, se adequando ao mercado. Reforce que os conhecimentos que ele adquirir durante um curso sempre serão importantes para ele seguir o próprio caminho e alcançar seus objetivos, sejam eles profissionais, sejam pessoais. 

Participar desse momento tão importante na vida do seu filho será marcante tanto para ele quanto para vocês, sem dúvidas! Siga as dicas deste conteúdo e confira outras no blog do COC para deixar esse período ainda melhor e mais leve.

A importância de incentivar os filhos a fazer simulados e a prestar vestibular como treineiros

Como a plataforma do COC ajuda o seu filho a se preparar para o vestibular