Uma disciplina que divide opiniões entre os estudantes é a matemática. Uns amam e outros detestam, mas, independentemente de gostarem ou não, ela vai acompanhar os estudantes do ensino infantil até o ensino médio, portanto é melhor aprender as melhores técnicas para estudá-la.

Separamos algumas dicas para você contar para o seu filho que vão ajudá-lo a tirar de letra os exercícios de matemática. Fique conosco e confira!

1 - Desmistifique a matemática

Para quem está começando a estudar matemática e para os que já a conhecem e não gostam, é necessário iniciar um trabalho de desmistificação da disciplina. Ou seja, mostrar para a criança ou o adolescente que a matéria não é um bicho de sete cabeças. 

Mostre, por exemplo, que a matemática está presente no nosso dia a dia, nas contas que pagamos na padaria, no cálculo para cozinhar um prato, na quantidade de horas estudadas etc. Aproximar os conceitos comuns dessa área à realidade deles é um grande passo para que passem a entender que o que se aprende pode ser aplicado no cotidiano.

2 - Use termos da matemática

Alguns termos da matemática podem ser usados com facilidade em conversas, como "soma", "subtração", "divisão", "fração", "menos", "mais", "dividido" etc. Procure usar essas palavras quando conversar com seu filho para que ele compreenda que determinada nomenclatura se refere a um tipo de ação. 

Por exemplo: durante uma refeição, peça para que ele fracione o suco que vão tomar entre os copos que estão na mesa. Inconscientemente ele fará a associação de que fracionar é o mesmo que dividir. Ao se deparar com essa orientação durante a resolução de uma questão, ele se lembrará desse acontecimento e saberá o que fazer.

3 - Ensine-o a compreender padrões

A matemática é uma ciência exata, então é comum que existam padrões nos cálculos, nos exercícios e nas resoluções. Portanto, é interessante ensinar isso a eles e realizar atividades que estimulam a percepção desses padrões. 

Geralmente, jogos e passatempos que exigem mais atenção, como xadrez, sudoku, palavras cruzadas, enigmas, exercícios de lógica, entre tantos outros, despertam essa capacidade de identificar comportamentos e ações semelhantes que resultam em consequências parecidas.

Tendo esse olhar mais específico para a matemática, seu filho conseguirá compreender mais facilmente os conceitos e as fórmulas que são ensinados dentro de cada área da disciplina.

4 - Aprender brincando

Essa dica é ótima para ser aplicada com as crianças, que ainda estão começando a ter mais contato com a matemática. Ensinar alguns conceitos básicos através de brincadeiras, jogos e atividades lúdicas contribui para um aprendizado mais fácil. 

Fazendo isso, elas poderão interagir com a matéria de forma mais natural e prática, aumentando o entendimento. Use, por exemplo, aqueles blocos de madeira que representam as unidades, as dezenas e as centenas, jogos que utilizam dados, aplicativos de celular que treinam a resolução de exercícios, livros de pintura que estimulam o raciocínio, entre outros recursos.

5 - Compreender os exercícios

Ensine o seu filho a compreender o que se pede no exercício de matemática, já que muitas vezes é no próprio enunciado que os estudantes se confundem, e então não chegam ao resultado esperado. Por isso, é importante que eles aprendam a ler com calma e interpretar as informações ali listadas, cada número e cada termo.

Oriente-os a sublinhar aquilo que for relevante para a resolução do problema em si, e separe frase a frase para, no final, lerem mais uma vez com as ideias mais claras. Essa prática simples vai evitar que eles percam tempo utilizando coisas que não são necessárias para resolver a questão, além de dar mais confiança para eles.

Conclusão

Reconhecer as dificuldades dos filhos e trabalhar para ajudá-los a superar cada desafio é uma tarefa importante dos pais, por isso tenha cuidado e esteja aberto para compreender que estudar matemática pode ser mais difícil para uns do que para o outros, e isso não significa que seu filho é menos ou mais capaz de tirar boas notas.

Gostou dessas dicas? Então confira no blog do COC outros artigos especiais para você!