NOTÍCIAS

O computador na educação infantil

03.AGO

A ideia de integrar o uso de computadores ao ensino sempre foi muito discutida, mas, quando a tecnologia é tratada como ferramenta pedagógica para o ensino infantil, qual a abordagem correta para que o computador não vire uma distração ou um brinquedo nas mãos dos pequenos? Além disso, é mesmo importante que as crianças tenham contato com o mundo tecnológico desde cedo?

Primeiramente, é preciso que os alunos sejam apresentados aos elementos do mundo atual e aprendam como interagir. A ideia não é fornecer aulas de informática aos alunos, mas sim fazer com que o uso da máquina seja aprendido ao decorrer das atividades realizadas. O foco é integrar a ferramenta com o conteúdo para que os alunos aprendam, por exemplo, a realizar pesquisas na internet, desenvolver de projetos ou participar de jogos voltados para a temática da aula. É importante que os jogos online utilizados em sala de aula desafiem a criança a pensar e a colocar em prática o que aprenderam.

Um dos maiores medos dos pais e educadores é que a tecnologia acabe com a estimulação à leitura, no entanto, uma ferramenta não substitui a outra, pois se tratam de suportes diferentes. Muitos adultos também não escrevem mais a mão, mas essa tendência são será passada aos alunos, pois as crianças precisam aprender todas formas de linguagem para saber escolher qual usar em cada situação.

O professor não precisa ter domínio da informática, mas é necessário que estude o conteúdo que será abordado através do computador, evitando que os alunos acessem sites com conteúdos duvidosos e se utilizem dos computadores apenas para aumentar o campo de visão sobre o conteúdo da aula.

 
 

Todos os Direitos Reservados a Pearson Ltda.

Pearson - Always Learning